Os microplásticos são dez vezes maiores nas fezes das crianças

Os pesquisadores, que analisaram fraldas sujas em bebês e recém-nascidos, fizeram uma descoberta perturbadora

Garrafas e brinquedos de plástico, peluches, tapetes de brincar, tecidos sintéticos diversos … As crianças, que rastejam no chão e costumam colocar tudo na boca, estão rodeadas de plástico e isso pode ter consequências para a sua saúde.

Na verdade, de acordo com um novo estudo apresentado pela revista americana “Wired” e enviado por ela Por “Slate” nesta sexta-feira Existem dez vezes mais microplásticos nas fezes das crianças do que nos adultos.

resultados preocupantes

Os pesquisadores se interessaram pela presença de tereftalato de polietileno (PET) e policarbonato nas fezes de seis crianças de um ano, três recém-nascidos e dez adultos. Eles excluem deliberadamente o polipropileno, um plástico usado para fazer fraldas.

E os resultados são alarmantes: se a quantidade de policarbonato fosse a mesma em todos os participantes do estudo, havia dez vezes mais PET nas fezes das crianças do que nos adultos. Pequenas quantidades também são encontradas em recém-nascidos, o que significa que o plástico estava presente em seus corpos quando nasceram.

disrupção endócrina

Os cientistas expressaram preocupação de que o desenvolvimento infantil possa realmente ser afetado disrupção endócrinaEsses produtos químicos no plástico perturbam o sistema hormonal, a ponto de estarem implicados no surgimento de alguns tipos de câncer.

“O desenvolvimento do corpo das crianças depende de um sistema endócrino saudável e o oposto afeta os primeiros estágios da vida”, explica Kurunthachalam Kannan, cientista de saúde ambiental da Escola de Medicina da Universidade de Nova York e co-autor do estudo.

Os cientistas vão agora examinar os verdadeiros efeitos desses microplásticos no corpo das crianças, a fim de determinar com mais precisão os riscos à saúde.

See also  Imagem científica - Julie Grouliere, a física que cria neurônios artificiais

You May Also Like

About the Author: Irene Alves

"Bacon ninja. Guru do álcool. Explorador orgulhoso. Ávido entusiasta da cultura pop."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *