O presidente português opõe-se à lei da eutanásia – EURACTIV.com

O presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, vetou um projeto de lei parlamentar que descriminalizava a eutanásia por ser inconstitucional. O Tribunal Constitucional, que o presidente havia interposto, havia contestado a referida lei duas horas antes.

O Tribunal Constitucional proferiu decisão sobre o pedido de revisão preventiva apresentado pelo senhor Rebelo de Souza em 18 de fevereiro. De acordo com a decisão do tribunal, o projeto era inconstitucional devido a ‘ Densidade padrão insuficiente.

A Constituição portuguesa estabelece que, se uma lei for declarada inconstitucional pelo tribunal superior do país, o presidente deve vetá-la e devolvê-la ao Parlamento para reconsideração. O parlamento pode então reescrever o projeto de lei removendo o conteúdo inconstitucional ou ratificando-o por uma maioria de dois terços.

No pedido dirigido ao Tribunal Constitucional, o chefe de Estado afirmou que os conceitos de “ Sofrimento insuportável Baseado em ” Danos finais a extremamente graves de acordo com o consenso científico ” Usado na fatura são Muito indeterminado.

Embora o Presidente indique em seu pedido que o assunto não está relacionado com ” Quer a eutanásia, como conceito, cumpra ou não a constituição.O tribunal decidiu se posicionar sobre esta questão fundamental, considerando que a santidade da vida humana estipulada na Lei Básica não constitui obstáculo intransponível para descriminalizar a expectativa de morte com atendimento médico em determinadas circunstâncias.

A eutanásia já foi legalizada em seis países, incluindo três na Europa.

See also  Media literacy for young people is technically better, but the language is weak

You May Also Like

About the Author: Germano Álvares

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *