O pijama mais lindo, o mais lindo e o mais lindo: um panorama das camisas Euro 2020 – Euro 2020

Alguns fabricantes de equipamentos correram o risco de fazer camisetas para as seleções do Euro. com vários graus de sucesso.

24 equipes, 48 ​​camisetas: De 11 de junho a 11 de julho, os países participantes do Euro Championship poderão exibir com orgulho suas camisetas em casa e no exterior. Qual país herdou o design mais bonito? Quem realmente carece de gosto? Mergulhe no aspecto da alta costura do próximo Campeonato Europeu de Futebol.

O mais bonito: Finlândia e Áustria se destacam

Pela primeira vez em sua história, a Finlândia participará de uma grande competição (Euro World Cup). O país nórdico entrou em cena com a sua camisa base, talvez a mais bonita dos euros. Branco puro, marcado com uma cruz semelhante à cruz da bandeira finlandesa. O gradiente, passando de um azul muito escuro para um azul claro, combina perfeitamente com o branco. Entre os concorrentes na categoria de camisas mais bonitas, podemos citar a Áustria e uma jaqueta vermelha e branca que exala um lado muito elegante de tradição (visível aqui), assim como a Inglaterra, a quem a sobriedade da camisa branca confere um estilo requintado.

O mais feio: derby ibérico entre Espanha e Portugal

Se você estivesse na frente da TV em uma noite de sexta-feira, você poderia ter visto as duas piores camisetas que o Euro 2020 teria nos salvado. A Espanha jogou sob observação em Madrid contra Portugal (0-0) em um amistoso. La Ruga usava a camisa de sua casa em um padrão de malha listrado. Diferentes tons de vermelho, claro e escuro, não merecem as túnicas que os espanhóis usaram durante a sua coroação no Euro 2008 e depois em 2012. Do lado português vestimos uma camisola verde riscada com riscas horizontais vermelhas, verdes e vermelhas. Preto. Com um design incompreensível, a camisa 2016 está longe do verde que é mais acentuada pelas mangas mais escuras.

READ  Klopp quer que o Liverpool finalmente consiga o atacante brasileiro por 50 milhões de euros

Mais autêntico: o sol nasce na Macedônia do Norte

Assim como a Finlândia, a Macedônia está chamando atenção por seu primeiro grande torneio. O vermelho domina a camisa de sua casa, mas aparecem oito raios amarelos do logotipo da Federação de Futebol da Macedônia do Norte. Um verdadeiro toque de originalidade em referência à bandeira adotada em 1995. Note que a Macedônia do Norte, junto com a Ucrânia, é o único país que não está equipado com Nike, Adidas ou Puma. Os dois países confiam na marca alemã Jako, que, ao contrário das outras, oferece camisetas absolutamente idênticas no país e no exterior, exceto nas cores que diferem.

Mais “pijamas”: Inglaterra e sua camisola

Como vimos, a camisa da casa inglesa é muito simples. Mas para a camisa do convidado, é uma rotação de 180 graus. Os Três Leões estão acostumados com a camisa vermelha e o short branco, como na Copa do Mundo 2018. Neste verão, temos que abrir caminho para uma camisa azul marinho com estampas e listras verticais muito finas, acentuadas pelo vermelho fluorescente. Logotipos e lados. A gola pólo com botões confere-lhe o estilo de pijama perfeito para não apanhar um constipação numa agradável noite de verão. Não futebol.

O mais ecológico: a Croácia não muda nada (quase)

Os anos se passaram e as camisetas da Croácia quase não mudaram. Neste verão, encontraremos o famoso padrão vermelho e branco, um símbolo de uma nação inteira e encontrado na bandeira da Croácia. Uma camisa particularmente semelhante à usada na Copa do Mundo da Rússia 2018, bem como na Euro 2012. Na Croácia, pensamos que é amiga do ambiente e reciclamos.

READ  A Liga Europeia não chega para Bruno Fernandez

You May Also Like

About the Author: Lucinda Lima

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *