O cantor Carlos de Carmo morreu “A Voz de Lisboa”

Postado em:

Carlos de Carmo, um grande aprendiz português, apelidado de “A Voz de Lisboa”, morreu. Ele deixou uma carreira de mais de 50 anos. O seu desaparecimento causa muitas emoções em Portugal

Com o nosso correspondente em Lisboa, Mary Lane Darcy

Lisboa não é mais do que isso. A paixão dominou todo o Portugal. É chocante a morte de Carlos de Carmo aos 81 anos, ao contrário dos fãs de Fado. A cantora era amada como Amália Rodrigues. E embora seja menos conhecido internacionalmente que o cantor, Carlos de Carmo já se apresentou em inúmeros teatros pelo mundo.

Um dia nacional de luto em Portugal

Foi joalheiro de fado, gostando tanto das versões populares como das interpretações poéticas. O cenário musical estava certo, com homenagens de todos os gêneros e estilos. Carlos de Carmo ganhou fama no início da carreira, nos anos 60, mas sem dúvida conseguiu. Um homem na cidade (Un homme dans la ville, Em francês) em 1977 que impôs seu estilo único.

O excelente intérprete Carlos de Carmo cultivou a indiferença e o humor, e é a elegância artística e humana que o tornou apreciado por todos. O aprendiz recebeu o prêmio Grammy Latino por sua carreira em 2014, a Grande Medalha Vermeil pela cidade de Paris e um oficial de mérito concedido a seu país. Lisboa, que tanto lhe deve, declarou um dia de luto na sua memória.

► Para ler também: RFI Musique – Portugal: Fado, uma paixão contemporânea

See also  Liga das Nações: Portugal venceu facilmente em casa contra a Suécia

You May Also Like

About the Author: Aldina Antunes

"Praticante de tv incurável. Estudioso da cultura pop. Pioneiro de viagens dedicado. Viciado em álcool. Jogador."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *