Nova caravana de quase 2.000 migrantes deixa o sul do México

(Tuxtla Gutiérrez) A caravana de migrantes, a segunda em menos de um mês, deixou na quinta-feira a cidade fronteiriça de Tapachula, no sul do México, rumo ao centro do país, onde os migrantes precisarão de documentos para circular pelo território mexicano.


O grupo é formado por cerca de 2.000 pessoas da América Central, Haiti e Venezuela, que buscam se juntar a outra caravana que deixou a mesma cidade no dia 23 de outubro e atualmente está no estado de Veracruz.

“A única maneira de impedir a caravana é o Instituto Nacional de Migração assinar e entregar os papéis para viajar por todo o território”, disse o ativista Luis Garcia Villagran, um dos organizadores do grupo.

O comboio, também contendo menores, avançou ao longo de uma rodovia costeira em Chiapas e passou por um posto de controle de imigração sem incidentes.

“Os migrantes têm motivos, acreditamos que as autoridades não vão nos prender”, acrescentou Luis Garcia Villagran.

Muitos dos imigrantes da First Caravan, que agora somam cerca de 800, concordaram em receber documentos que lhes permitem residir temporariamente no México, mas outros planejam continuar sua jornada para os Estados Unidos.

O fluxo de pessoas não registradas aumentou desde que Joe Biden veio à Casa Branca e prometeu tratá-las de maneira mais humana do que seu antecessor.

As autoridades mexicanas contabilizaram mais de 190.000 migrantes entre janeiro e setembro, três vezes mais do que em 2020. Cerca de 74.300 pessoas foram expulsas.

Os Estados Unidos registraram 1,7 milhão de pessoas entrando ilegalmente em seu território procedentes do México entre outubro de 2020 e setembro do ano passado, um número recorde.

See also  Tunísia | O presidente dá a si mesmo o poder executivo

You May Also Like

About the Author: Hermínio Guimarães

"Introvertido premiado. Viciado em mídia social sutilmente charmoso. Praticante de zumbis. Aficionado por música irritantemente humilde."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *