Nações Unidas | Conselho de Segurança realiza reunião de emergência na Coreia do Norte

Diplomatas disseram à AFP que o Conselho de Segurança realizará uma reunião de emergência a portas fechadas na quarta-feira sobre a Coreia do Norte, que supostamente disparou um míssil balístico de um submarino na terça-feira, aumentando dramaticamente suas capacidades militares.


As mesmas fontes disseram que a sessão da tarde foi a pedido do Reino Unido e dos Estados Unidos. Um diplomata disse que a França acedeu ao pedido de Londres e Washington de uma reunião de emergência.

Na terça-feira, o embaixador chinês nas Nações Unidas, Zhang Jun, cujo país tem se mostrado repetidamente nos últimos anos para apoiar Pyongyang, se recusou a responder aos repórteres que o questionaram sobre o incêndio do Norte.

O vice-embaixador da Rússia nas Nações Unidas, Dmitry Polyansky, por sua vez, alertou contra qualquer pressa.

“Precisamos encontrar mais informações” sobre esse tiro, disse ele, já que as interpretações dos eventos na Coreia do Norte “sempre foram conflitantes”. O tiro pode vir de qualquer lugar. “Temos apenas informações da imprensa e não confio muito nelas, precisamos de uma avaliação experiente”, acrescentou o diplomata russo.

A Coreia do Norte afirmou na quarta-feira que lançou um míssil balístico de um submarino que, se confirmado, permitiria ao Estado com armas nucleares uma segunda capacidade de ataque separada, lançando os mísseis de silos ou veículos terrestres.

See also  Um mestre em engano, ela esconde um esqueleto em sua antiga casa

You May Also Like

About the Author: Hermínio Guimarães

"Introvertido premiado. Viciado em mídia social sutilmente charmoso. Praticante de zumbis. Aficionado por música irritantemente humilde."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *