Home page direto do controle técnico obrigatório de motocicletas na França

Em 25 de fevereiro, a Comissão de Transportes e Turismo do Parlamento Europeu solicitou à Comissão que incluísse os veículos de duas rodas nas tarefas de controle técnico. A medida entrará em vigor em 1º de janeiro de 2022

Ao contrário da maioria dos seus vizinhos, a França não impõe inspeções técnicas aos proprietários de veículos de duas rodas, exceto em caso de revenda. Uma exceção que vai desaparecer: em 25 de fevereiro, a Comissão de Transportes e Turismo do Parlamento Europeu solicitou à comissão que incluísse os veículos de duas rodas na supervisão técnica, relata motomag.com.

Porém, em 2020, como Finlândia, Holanda ou Irlanda, ela teve um prazo de dois anos para aplicar essa medida e poderia tê-la evitado desde que fosse comprovado que toma medidas para reduzir o acidente de duas rodas. Por seus esforços considerados insuficientes, como os da Bélgica, Chipre, Dinamarca, Malta e Portugal, o compromisso de inspeção técnica deve entrar em vigor em 1º de janeiro de 2022.

Para os eurodeputados, “o número de mortes entre os condutores de 2 e 3 rodas é o que diminui mais lentamente entre todos os utilizadores de veículos na União Europeia”. A proposta foi aprovada por 48 votos a favor, com uma abstenção. Na França, de acordo com Local de segurança rodoviáriaOs veículos de duas rodas foram responsáveis ​​por 23% das mortes com 627 motociclistas e 133 scooters em 2018.

READ  Russo e português são as línguas mais lucrativas no mundo dos negócios

You May Also Like

About the Author: Irene Alves

"Bacon ninja. Guru do álcool. Explorador orgulhoso. Ávido entusiasta da cultura pop."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *