Haiti condena os comentários ‘racistas’ de Trump sobre os imigrantes

O Haiti condenou, no sábado, as declarações “racistas” do ex-presidente norte-americano Donald Trump, que afirmou que a entrada de imigrantes deste país nos Estados Unidos coloca os americanos em risco diante da pandemia da Aids.

O Haiti tem um grande problema de AIDS. “Talvez muitas dessas pessoas tenham AIDS e entrem em nosso país e não façamos nada”, disse o ex-presidente dos Estados Unidos à Fox News. “É como um desejo de morte para o nosso país.”

De acordo com dados do Banco Mundial, a prevalência do HIV no país caribenho tem diminuído continuamente nos últimos 15 anos e agora é estimada em 1,9% da população de 15 a 49 anos.

A Embaixada do Haiti em Washington condenou “as declarações racistas infundadas a respeito dos imigrantes haitianos, em particular, e da população haitiana em geral, do Sr. Donald J. Trump”.

A embaixada condenou em um comunicado que “essas declarações desprezíveis visam apenas semear ódio e discórdia contra os imigrantes”.

A chegada de mais de 30.000 imigrantes, principalmente haitianos, sob uma ponte na fronteira entre o México e o Texas em meados de setembro atraiu o governo Biden sob o fogo dos republicanos, que acusam o presidente de causar “uma lufada de ar fresco” ao relaxar as políticas de imigração Para seu antecessor Donald Trump.

Em menos de três semanas, mais de 7.500 imigrantes haitianos, 20% dos quais crianças, foram expulsos pelos serviços de imigração dos EUA, que fretaram 70 aviões para a capital, Porto Príncipe e Cap-Haitien, a segunda maior cidade do país. . País.

Diante dos comentários feitos pelo ex-inquilino da Casa Branca na quinta-feira, a Embaixada do Haiti nos Estados Unidos sustentou que “os povos civilizados (…) não devem ficar indiferentes a essa zombaria incontável do povo haitiano pelo ex-presidente Trump”. ”

See also  Guerra Civil na Etiópia | Sudaneses dizem que o rio carrega os corpos com as mãos amarradas

Durante uma reunião privada em janeiro de 2018, o chefe de estado descreveu o Haiti e vários países africanos como “países sujos”.

You May Also Like

About the Author: Hermínio Guimarães

"Introvertido premiado. Viciado em mídia social sutilmente charmoso. Praticante de zumbis. Aficionado por música irritantemente humilde."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *