‘Grande líder’ | Trump pede reeleição do húngaro Viktor Orbán

(Washington) O ex-presidente dos EUA, Donald Trump, declarou na segunda-feira seu “total apoio” à campanha pela reeleição do líder ultraconservador húngaro Viktor Orban, um “grande líder respeitado por todos”.


O primeiro-ministro Viktor Orban deu as boas-vindas ao presidente Donald Trump, que “ama seu país de todo o coração e busca segurança para seu povo”, em uma declaração bastante extensa, pedindo o apoio do Soberano nas eleições de abril de 2022, que devem ser muito difíceis .

Citando o “trabalho fantástico” de Orban em “proteger a Hungria, restringir a imigração ilegal e criar empregos”, tópicos caros ao ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump garantiu-lhe “total apoio”. Ele ressaltou que é um “grande líder que é respeitado por todos”.

Esse apoio gerou uma série de críticas do campo democrata.

Ben Rhodes, um ex-conselheiro sênior de Barack Obama, denunciou no Twitter: “Trump está simplesmente dizendo em voz alta o que o Partido Republicano há muito aceitou: ele prefere o autoritarismo à democracia liberal”.

Quando ainda estava no poder, Donald Trump recebeu Orban em Washington, opondo-se a muitos líderes europeus e criticando duramente as posições do líder húngaro sobre os imigrantes e gays.

Enquanto isso, Viktor Orban lamentou a perda de “grande apoio internacional” após a saída de Donald Trump da Casa Branca. Com base em várias condenações internacionais, ele também pediu um “não julgamento” dos Estados Unidos após o ataque ao Capitólio por partidários do bilionário republicano.

See also  Quatro homens presos em Londres sob suspeita de insultos e ameaças anti-semitas

You May Also Like

About the Author: Hermínio Guimarães

"Introvertido premiado. Viciado em mídia social sutilmente charmoso. Praticante de zumbis. Aficionado por música irritantemente humilde."

Leave a Reply

Your email address will not be published.