Futebol da Inglaterra – Cristiano Ronaldo odeia Coca-Cola, tudo explicado

Durante a Euro, Cristiano Ronaldo gerou polêmica ao rejeitar as garrafas de Coca-Cola durante uma entrevista coletiva. O motivo da decepção com a bebida foi revelado.

Cristiano Ronaldo tem sido elogiado por sua perfeita limpeza de vida e músculos destacados. O astro português, 36, ainda está causando estragos graças ao seu corpo de 20 anos. O jogador da Juventus se alimenta até seis vezes ao dia, dobrando os cochilos e as sessões de recuperação. Mas, embora o CR7 seja o epítome do profissionalismo, nem sempre foi perfeito. O atleta Ele revela um incidente ocorrido quando Cristiano Ronaldo jogava pelo Manchester United, de 2003 a 2009. Enquanto bebia Coca no café da manhã, um de seus companheiros, furioso, o prendeu contra a parede, culpando-o pela falta de profissionalismo. A identidade do jogador não foi revelada pela mídia inglesa, mas o camarim do Manchester United estava muito bem abastecido de capitães durante os anos 2000, e o respeitado Sir Alex Ferguson liderava o grupo.

Este acontecimento pode explicar o gesto de Cristiano Ronaldo durante o Campeonato da Europa. Numa conferência de imprensa, o cinco vezes vencedor do Ballon d’Or rejeitou duas garrafas de Coca-Cola à sua frente, enquanto a marca é patrocinadora da UEFA. Ele substituiu a bebida por uma garrafa de água. A famosa marca americana registrou então uma queda significativa em seu valor na Bolsa de Valores de Nova York. A Coca pode culpar tanto Cristiano Ronaldo como o famoso jogador do Manchester United, que colocou os portugueses no caminho certo. Esta história prova que nunca é tarde para se recuperar. Cristiano Ronaldo colocou todas as probabilidades ao seu lado para se tornar um dos maiores jogadores da história do futebol e fez sacrifícios essenciais.

See also  Ole Miss Rebels awards football coach Lyn Kevin a new contract

You May Also Like

About the Author: Lucinda Lima

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *