Foot – ANG – Manchester City em manifestação em Old Trafford contra o United

Mestre da bola do início ao fim, o Nationals dominou amplamente o Manchester United no sábado, em Old Trafford (2-0), e sua vitória lógica permite que eles voltem a dois pontos com o Chelsea, líder da Premier League inglesa. Partida: 0-2 semanas após Derrota contra o Liverpool (0-5, 24 de outubro)O Manchester United encontrou neste sábado um novo choque em Old Trafford, desta vez contra o vizinho City, e foi outra provação. Dominou completamente no primeiro período, forçado a correr atrás da bola que não aguentava mais do que alguns segundos, e MU sofreu apenas dois gols, que Bailly marcou contra seu time (7) e Bernardo Silva (45), mas o o resultado pode ser muito mais pesado no intervalo. Leia também Match movie David de Gea foi muito bom em acertar um chute de Jesus (29º), um Cancelo um a passo, um De Bruyne (34º) e um de Cancelo (35º), graças à reação evitando um gol contra seu acampamento. Em Lindelöf (33). Foi um verdadeiro show para o City, que decidiu dirigir a partida com mais calma no segundo tempo, com a posse de bola ainda impressionante, mas menos intensa, mesmo que achei um chute de Foden na trave (81). Old Trafford viu apenas o azul e esta vitória permite ao Nacional voltar a dois pontos para o capitão, o Chelsea, que recebe Burnley às 16h. Quinto, o United não pode realmente acreditar no título porque a diferença é muito grande entre as duas equipes, muda Ole Gunnar Solskjaer, que trocou sua defesa para três ao lançar Sancho no lugar de Bailey (46), e trouxe N. nada. E enquanto a sua expulsão é constantemente mencionada, o treinador norueguês volta a se colocar na linha da frente porque a vitória sobre o Tottenham (3-0, 30 de outubro) está agora esquecida, tendo aliviado a pressão. Leia também O décimo primeiro dia da Premier League inglesa Jogador: Ronaldo sozinho no mundo Tal como no Manchester United, os avançados do Red Devils tiveram uma tarde muito difícil e Cristiano Ronaldo não foi excepção. O português tocou apenas uma bola na área adversária e aproveitou bem, já que Ederson (26) teve que se manter longe de sua doce recuperação no giro. Este flash não anunciava uma recuperação porque Ronaldo então desapareceu, castigado com o desamparo dos seus companheiros, e continuou a ser um espectador do maciço domínio do City. Irritado e frustrado, acabou recebendo advertência após uma entrada em De Bruyne, que já havia sido cortado por Bruno Fernandes. Leia também Classificação da Premier League 14 O Manchester United sofreu pelo menos um gol nos últimos 14 jogos em casa em todas as competições.

See also  PLAY, um filme divertido, único e nostálgico a não perder!

You May Also Like

About the Author: Aldina Antunes

"Praticante de tv incurável. Estudioso da cultura pop. Pioneiro de viagens dedicado. Viciado em álcool. Jogador."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *