“Eu nunca vou perdoar Mourinho”, o ex-gerente-geral do Inter de Milão ainda não conseguiu digeri-lo

Ernesto Paulillo, ex-CEO do Inter de Milão, explicou por que não perdoou José Mourinho. Paulillo foi treinador do Inter em 2010, quando os nerazzurri conquistaram a tripla com o treinador português.

O Special One encontrou-se com o presidente do Real Madrid, Florentino Perez, na mesma noite em que o Inter venceu a Liga dos Campeões no Santiago Bernabeu. O que o ex-CEO do clube italiano ainda não entende.

“Minha ideia era reconstruir o time. Era um time vencedor, mas os jogadores estavam cansados ​​depois dessa façanha. José Mourinho sabia disso e salvou a mesma noite. Eu nunca vou perdoá-lo por fazer isso”, afirmou. Disse o Portão Ernesto Paolilloau Calciomercato.

Até Samuel Eto’o se lembra daquela noite maluca em que todos no clube festejaram a coroação da Champions League. Entretanto, no entanto, José Mourinho já tinha assinado pelo Real Madrid.

“Depois do apito final da Champions League que o Inter ganhou, José Mourinho correu em minha direção e me mostrou 4 dedos. Ele me disse: Eto’o, ganhei a Champions League quatro vezes, mas isso é inacreditável. Real Madrid antes da final. “, Samuel Eto’o disse em um programa anterior no BeIn Sports.

See also  Pepe é um jogador quieto, Cr7 é o maior, fala Ricardo Carvalho

You May Also Like

About the Author: Lucinda Lima

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *