Este ano, o fórum de animação coloca a animação portuguesa em destaque

– Em Toulouse, descobrimos cinco novos projetos apresentados por criadores portugueses, incluindo dois projetos conjuntos em Espanha

Este artigo está disponível em francês.

Todos os anos desde 2016, Toulouse Cartoon Forum Ele destaca o setor de animação em um determinado país. Durante esta edição de 21 a 23 de setembro, a assembleia francesa optou por apostar na animação portuguesa para elogiar a sua capacidade de fomentar o talento a trabalhar em estúdios de toda a Europa e de construir uma rede diversificada com forte capacidade artística e de produção, apoiada pelo apoio do público português Instituto de Cinema e Audiovisual (ICA), e Portugal Film Commission (PFC) e um desconto à vista de 30% do Fundo Cinema e Turismo. A Portugal Animation centrava-se originalmente em curtas-metragens e agora persegue a ambição de explorar formatos maiores, incluindo longas e séries de TV.

(O artigo continua abaixo – informações comerciais)

Nos últimos três dias, o Cartoon Forum, fórum internacional de referência na apresentação e co-produção de séries animadas para televisão, tem dado aos produtores portugueses a oportunidade de apresentarem os trabalhos que estão a desenvolver. Aqui está uma breve visão geral de seus novos projetos:

Um dois Luís da Mata Almeida (Portugal / Espanha)
aprova Ellaria Turba, uma série pré-escolar 26 × 7 que segue a jovem Biriki, que está pronta para descobrir o mundo ao seu redor. O nascimento de um arco-íris, o congelamento de um lago, ou a descoberta de carvão ou algo específico como penas ou conchas, torna-se uma oportunidade para Berky e seus amigos crescerem. O projecto está a ser produzido pelo mesmo realizador para a empresa portuguesa Sparkle Animation e Violoncelo loreiro Para a empresa espanhola Abano Productions.

Pete e BernBernardo Pacheco E Pedro Rodriguez (Portugal)
A série de TV 52×3 segue os dois irmãos titulares da eclosão do mesmo ovo. Apesar disso, eles não têm quase nada em comum, mas devem aprender a conviver. Cada um tem sua própria loucura, mas inevitavelmente juntos, eles têm que lidar com as adversidades do dia a dia, ou com os perigos de uma grande aventura. Pacheco e Rodriguez mostraram um trecho mostrando o personagem principal lutando contra um improvável mexilhão gigante. O projeto é direcionado ao público adulto e jovem.

See also  Festival: em Toulouse, Espanha em uma centena de filmes

Aventuras da princesa B.Pedro Lino (Portugal)
Esta corrente mede 52×11, forjada por Pedro Lino E Felipe santos, centra-se na jovem princesa P, a única filha dos governantes do Reino K. Ela é uma menina com fortes convicções: uma defensora dos mais fracos, uma defensora do meio ambiente, sempre tentando mudar a opinião dos adultos, especialmente de seus pais conservadores . A cada episódio, ela enfrenta novos desafios que testam suas crenças, em um mundo onde tudo é possível. Castelos, cavaleiros e princesas se misturam a alienígenas, viagens no tempo e jogos de computador, desafiando as experiências diárias das crianças nesta terra de fantasia. O projeto, dirigido a crianças dos 6 aos 11 anos, está a ser implementado pela Pablo Iraola Para o estúdio lisboeta Ukbar Filmes.

SaskatoonEvgenia Golubeva E Nadia Cardoso (Portugal / Espanha)
produzido por Pablo Jordi Para a picocala espanhola e Diogo carvalho Para Sardinha em Lata, este projeto 26 x 11 é sobre Gigi e Alex, dois heróis improváveis ​​que se tornaram especialistas globais em salvar o mundo de poderosos poderes antigos. Suas aventuras os colocam na linha de frente quando os poderes perversos dos artefatos históricos são liberados. Junto com seu bot Dokku, eles se autodenominam “Os Saskatoons”. A série, dirigida a crianças de 6-11 anos, é escrita por Golubeva e Miles McLeod.

o que é tudo isso?Pedro Lino (Portugal)
O segundo projeto foi liderado e co-escrito por Pedro Lino Felipe santos, é a apresentação em português Take It Easy. Nesta visualização 52×11, prosseguiremos em “Do que se trata?” A família, com seu caminhão mágico, embarca em uma série de aventuras pelos mistérios da ciência. Das maravilhas do universo aos mistérios microscópicos, nada é impossível para a curiosidade de nossos personagens. O público-alvo, novamente, são crianças de 6 a 11 anos.

(O artigo continua abaixo – informações comerciais)

You May Also Like

About the Author: Aldina Antunes

"Praticante de tv incurável. Estudioso da cultura pop. Pioneiro de viagens dedicado. Viciado em álcool. Jogador."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *