Espanha e Portugal respondem por quase 30% dos casos importados

para mimNovos dados revelaram que Portugal e Espanha, que constam da lista, respondem por quase 30% de todos os casos importados de coronavírus.

O número de pessoas com resultado positivo no retorno dos dois locais turísticos do Mediterrâneo, entre 10 e 30 de junho, foi o dobro do número de chegadas da França.

Cientistas dizem que a França está sendo “alvo injustamente” com restrições de viagens depois de sua única adição à lista Amber Plus na sexta-feira passada.

1.800 casos foram ligados a viajantes em junho através do serviço NHS Track and Trace: 277 casos ligados a Portugal, 252 à Espanha e 47 à França.

No entanto, os dados mostram que a proporção de pessoas que voltam de viagens ao exterior ainda é relativamente baixa. 0,9% dos recém-chegados na lista verde da Croácia testaram positivo no retorno ao Reino Unido, assim como 0,8% dos viajantes de Portugal, 0,7% da Espanha e 0,6% da Grécia, enquanto apenas 0,3% dos franceses contraíram o vírus.

O professor Richard Tedder, virologista do Imperial College London, disse ao MailOnline: “Não entendo os critérios que o governo usa para colocar os países na lista laranja, nem por que a França foi selecionada quando a prevalência de pessoas infectadas é maior em outros países . “

O professor Gary MacLean, imunologista da London Metropolitan University, sugeriu: “É provável que haja outro problema que não foi amplamente divulgado.”

See also  Elon Musk: 'Impossible' Take Tesla Special, Starlink IPO 'Probable'

You May Also Like

About the Author: Irene Alves

"Bacon ninja. Guru do álcool. Explorador orgulhoso. Ávido entusiasta da cultura pop."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *