Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Entrevistas

«A Grécia é o mercado onde temos maiores esperanças de crescimento»

António Nogueira é administrador da Nogueira SA, empresa de confecção de vestuário em pele. Fundada em 1976, a empresa comercializa três marcas de vestuário desenhadas por estilistas italianos e franceses. «Portugueses nunca calhou», explica o responsável, rejeitando qualquer preconceito em relação ao desenho nacional, numa conversa em que revela ainda dos desafios com que a empresa se confronta.

«O mundo só irá equilibrar-se lá para 2030»

A frase é de António Febra, presidente da Geco, uma empresa de moldes da Maceira, que detém fábricas no Reino Unido, Brasil e México. À conversa surgem ainda os novos projectos que tem em curso, como o carro eléctrico onde já investiu cerca de um milhão de euros. Quanto à continuidade da vida activa na política, «na Maceira não, mas se alguém precisar de ajuda, eu vou», afirma.

«Leiria tem falta de um evento anual de grande dimensão»

O congresso regional que a Associação para o Desenvolvimento de Leiria (ADLEI) vai promover em Abril, a organização do território e o planeamento a nível local foram alguns dos temas que mereceram o comentário de Acácio de Sousa. O presidente da associação comenta ainda a actuação do actual governo e a vinda do novo centro comercial para Leiria.

«A nossa indústria de moldes é poderosa»

António Cunha coordena uma equipa de investigação da Universidade do Minho, na área dos polímeros, a base de uma indústria de plásticos, que movimenta, em Portugal, dois mil milhões de euros. Em entrevista, revela como surgiu a sua ligação a Leiria, fala de novos materiais e das implicações que terão na indústria e no dia à dia das pessoas.

«A região de Leiria é uma das mais dinâmicas de Portugal»

Cavaco Silva, enquanto Presidente da República, pode ser uma mais valia importante no contexto da internacionalização da economia portuguesa, afirma António Carrapatoso. Quanto ao aumento das exportações, «não se faz por decreto» e no que respeita à questão energética, «há muito que Estado devia ter saído do sector enquanto accionista», afirma.

«Há alguma oscilação nas políticas de apoio ao empreendedorismo»

IPL vai associar-se a um fundo de capital de risco destinado a apoiar iniciativas empresariais oriundas do meio académico, revela Luciano de Almeida, presidente do IPL. Depois de marcar presença em quatro continentes, o IPL pretende intensificar a mobilidade na Europa e desenvolver projectos de I&D com parceiros europeus e americanos. Quanto às iniciativas do governo neste contexto, têm «muito impacto no início, mas com poucos resultados a médio e longo prazo», afirma.

«O diferencial com a China tende a atenuar-se»

Fundou a LN Moldes e assume, actualmente, a presidência da Associação Nacional da Indústria de Moldes (CEFAMOL). Em entrevista à Leiria Global, Leonel Costa conta como começou a sua ligação ao mundo dos moldes e como tenciona responder aos actuais desafios da indústria. De si, enquanto presidente da CEFAMOL, não podem esperar-se «milagres», afirma.