Diante da variável delta, governo vai fortalecer os controles de fronteira.

A convite da BFMTV e da RMC, o secretário de Estado para a Europa, Clement Bonn, quer verificar se as companhias aéreas realizam verificações de passaporte de saúde. Na fronteira com a Espanha, o controle de terras também será reforçado.

Os aeroportos têm crivos para vírus? No início de julho, o próprio Ministro de Estado da Europa, Clément Bonn, “notou” a falta de exames de saúde para passaportes no aeroporto de Roissy quando ele voou para a Alemanha.

O “frouxo” que fez os executivos pularem porque eram as empresas que deveriam regular os cheques. “O que nós, autoridades públicas, fazemos é controlar os controles”, lembrou Clement Boone na segunda-feira na BFMTV e RMC.

“Vamos verificar, a partir desta semana, de forma direccionada pelas companhias aéreas, que os aeroportos – que são da responsabilidade primeira das empresas – efectuam sistematicamente estes controlos a bordo até na Europa e principalmente para os países mais perigosos.”

A outra questão diz respeito ao controle das fronteiras terrestres após o aumento alarmante do número de casos nos Pirenéus Orientais.

“Você tem que ser franco, não haverá inspeções regulares de todos no carro porque é impossível fazer”, observa Clement Bonn. “Mas haverá fiscalizações direccionadas. Já foi desenvolvido pelas respectivas províncias nas últimas semanas porque, sim, um dos problemas que tínhamos (…) era que havia muitos jovens franceses que iam a festa na Catalunha, que voltou. Não havia um protocolo sanitário muito rígido. Isso também foi reforçado na Espanha e em Portugal. ”

Thomas Leroy Jornalista da BFM Business

READ  Masculino - Open de Portugal: Djiboudot vai disputar o JA Championship

You May Also Like

About the Author: Irene Alves

"Bacon ninja. Guru do álcool. Explorador orgulhoso. Ávido entusiasta da cultura pop."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *