Criador de gavião togolês: FTF desmistifica

O português Paolo Duarte já é o sucessor do resignado francês Claude Le Roy. Ele vai assumir as funções no próximo mês de agosto, após o término do contrato com o Desportivo Primeiro D’Agosto, com sede em Luanda, Angola.

Logo após a confirmação do nome do ex-treinador do garanhão de Burkina Faso e do leopardo do Gabão, circularam informações que indicavam que a pessoa em questão não tinha conhecimento de sua escolha. Algumas pessoas até disseram que ele nunca teria se candidatado.

O caos assim criado levou o Secretário-Geral da Associação de Futebol do Togo (FTF) a subir ao topo com um comunicado de imprensa: “Paolo Duarte foi escolhido após a fase de audição dos cinco candidatos pré-seleccionados. Nomeação preparada por despacho do Ministro do Esporte e Recreação.E a Determina

E Chris Ducky acrescenta que “Paulo Duarte, que está a contratar com o clube angolano Desportivo Primeiro de Agosto até julho de 2021, vai assumir oficialmente a partir de agosto a chefia da seleção do Togo, conforme combinado”.

Assim, o Secretário-Geral da FTF “nega oficialmente as alegações” na tentativa de “acreditar” que o técnico português “não daria o seu consentimento” para se tornar o sucessor de Claude Le Roy que deixou um registo desastroso antes de regressar ao campo de batalha por último Abril.

Enquanto aguarda a renúncia ao contrato com o clube angolano, o treinador do ASCK, Jonas Coco Kumla, está encarregado de liderar o Hawks nas duas primeiras eliminatórias para o Mundial, Qatar 2022 contra Senegal em Dakar e Namíbia no estádio Keji em Lomé.

READ  Rob, um barman robô, decola a bordo do MSC Virtuosa

You May Also Like

About the Author: Aldina Antunes

"Praticante de tv incurável. Estudioso da cultura pop. Pioneiro de viagens dedicado. Viciado em álcool. Jogador."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *