Coroação do décimo quarto Paris Saint-Germain

Final da Coupe de France. Paris coroou a nova quarta-feira contra o Mônaco.

Monaco paris sg2

Estádio da França (Saint-Denis).

A primeira parte: 0-1.

Regra: Francois Letxer.

Metas para o Paris Saint-Germain: Icardi (19 AH) e Mbappe (81 AH).

Aviso para Paris SG: Marquinius (86 AH).

Mônaco: Majecki – Sidibé, Disasi (Badiashile, 74), Maripan, Caio Henrique-Aguilar (K. Diatta, 46), Tchouaméni, Fofana (Martins, 60), Golovin-Volland (Fabregas, 74), Ben Yedder (Cap .; Jovetic , 60).

Paris Saint-Germain: Navas – Florenzi (Dajba, 68 e), Marquinhos (chapéu), Quaihrir, Diallo – Gui, Danilo Pereira, Paredes (Herrera, 79e) – Di Maria (Sarabia, 90e), Icardi (Kane, 79e), Mbappe.

Na quarta-feira, o Paris Saint-Germain derrotou o Mônaco (2-0), com o 14º título franco-cubano, título pagão que lhe permite reequilibrar o recorde de uma temporada complexa, à frente do resultado do torneio.

E o clube da capital esperou a reabertura das arquibancadas para levar o troféu, no final de uma noite alegre em que Mauricio Pochettino carregou tranquilidade.

Sem Neymar ou Pricel Kempembe, castigado, sem Marco Verratti, lesionado num joelho, frente à melhor equipa do país em 2021, os parisienses conseguiram o jogo de que precisam.

Artilheiro de Icardi

É certo que, de uma forma um tanto extravagante, mas forte e realista, eles aproveitaram o presente de Mônaco para abrir a reunião. Mbappe aproveitou a falha de controle de Axel Desassi, a 15 metros do gol, para recuperar a bola e mandá-la para Mauro Icardi, que empurrou para a gaiola vazia (19).

O que resta do jogo dele? Nenhuma outra oportunidade foi criada … Mas na parte de trás, assistir Keylor Navas, Marquinhos ou Danilo, com solidariedade convocou a Primavera Europeia do Paris Saint-Germain, contra o Barcelona ou o Bayern de Munique. Com esta defesa constante – um ponto importante para os parisienses que recentemente sofreram uma queda de velocidade no segundo tempo – Mbappe não precisava …

READ  Compagnie la tempête - Jerusalém - Festival de Rocamadour Rocamadour, quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Mas ele marcou (81) para matar a partida, em sua única oportunidade disparada por Angel Di Maria. O esplendor que marcou os últimos três meses do Mônaco anterior, está prestes a completar o treino mais prolífico de sua carreira (41 gols em todas as competições).

Em contrapartida, o seu futuro companheiro de equipa com os Blues no Euro, Wissam Ben Yedder, que foi substituído aos 60 minutos, simboliza a impotência do ASM que monopolizou a bola, após abrir o marcador, sem se realizar. Voland (25, 39), Golovin (40), Diata (70) ou Choamini (78) tentam bem, Martins também (69), mas o golpe violento para os portugueses encontrou a barra de Navas.

O Mônaco terá que esperar novamente para erguer o troféu que escapa desde 1991, enquanto o clube da capital evita o cenário desastroso da temporada das brancas. E se não for o campeão no domingo, pelo menos terá lançado as bases para a próxima temporada.

You May Also Like

About the Author: Germano Álvares

"Desbravador de cerveja apaixonado. Álcool alcoólico incurável. Geek de bacon. Viciado em web em geral."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *