Antes da COP26, Greta Thunberg protestou em Londres contra bancos

A ativista sueca Greta Thunberg se juntou a uma campanha organizada por jovens ativistas ambientais em Londres na sexta-feira contra o papel das instituições financeiras na crise climática, dois dias antes do início da conferência COP26 na Escócia.

• Leia também: Cinco mitos sobre as mudanças climáticas

A figura emblemática do movimento “Fridays for Future”, junto com algumas dezenas de ativistas, apareceu em frente à sede do Standard Chartered Bank, imediatamente cercado por uma multidão de fotógrafos e câmeras.

Ela saiu sem falar, mas deixou claro no Twitter pedindo a esta instituição financeira que “pare de financiar nossa destruição”.

“Os bancos estão sempre bombeando grandes quantidades de combustíveis fósseis, desestabilizando o planeta e colocando muitas vidas em risco”, disse Greta Thunberg, 18.

Ativistas ambientais realizaram na sexta-feira uma série de medidas visando outros bancos da cidade e devem se reunir em frente ao banco central na noite de sexta-feira.

“O Reino Unido e as empresas do Reino Unido financiam há décadas o caos climático e a destruição de nossas ilhas”, disse à AFP Joseph Sikoli, um deles de Tonga, no Pacífico.

Greta Thunberg, de Glasgow, deve participar de um importante rali do clima no dia 5 de novembro, em meio à conferência das Nações Unidas.

“Do jeito que está, este COP não vai trazer grandes mudanças”, disse ela à AFP em meados de outubro.

Veja também…

See also  O FBI está publicando novas fotos de um plantador de bombas perto do Congresso

You May Also Like

About the Author: Hermínio Guimarães

"Introvertido premiado. Viciado em mídia social sutilmente charmoso. Praticante de zumbis. Aficionado por música irritantemente humilde."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *