Angola e Portugal assinam acordo de cooperação no domínio do transporte rodoviário

(Agência Ecofin) – Aproveite a experiência anterior da cidade. É o tema da visita de trabalho desta semana a Portugal do Ministro dos Transportes de Angola, à frente de uma numerosa delegação.

Abre um novo capítulo da cooperação entre Angola e Portugal. Na terça-feira, 14 de setembro, o Instituto Nacional de Transportes Rodoviários de Angola (INTR) e a Autoridade Portuguesa para a Mobilidade e Transportes (AMT), em Lisboa, assinaram um Memorando de Entendimento visando o trabalho conjunto nas diversas áreas do transporte rodoviário.

O respectivo documento foi assinado entre o Diretor-Geral interino do INTR, Ino Renato de Magalhães Costa, e a Presidente do Conselho de Administração da AMT, Ana Paula Vitorino, na presença do Ministro dos Transportes de Angola, Ricardo de Abreu, e do Subsecretário das Comunicações de Portugal, Hugo Santos Mendes.

Ao abrigo deste Memorando de Entendimento, as duas partes pretendem, em particular, reforçar a sua cooperação na organização, exploração e supervisão dos serviços de transporte de passageiros em estradas terrestres. Mais ênfase será colocada no intercâmbio de conhecimentos técnicos e tecnológicos e no aprimoramento das capacidades operacionais.

Concretamente, a cooperação poderia assumir a forma de intercâmbio de informações e documentos, por meio de relatórios de pesquisas, publicações, assessorias, estudos ou outras ferramentas, treinamento de técnicos dos dois países, incluindo intercâmbio de pessoal, e detalhes do Memorando de Entendimento. Também abre caminho para a organização conjunta de seminários, workshops e reuniões com a participação de especialistas, acadêmicos, empresas privadas e outras partes interessadas, para uma maior cooperação bilateral neste campo.

O INTR é uma agência do Ministério dos Transportes de Angola, cuja missão é garantir a prestação de serviços de transporte rodoviário adequados aos utentes. Pelas suas características, pode firmar acordos de cooperação técnica com entidades e organismos internacionais. A AMT, por seu lado, é responsável pela regulação e fiscalização do setor dos transportes rodoviários, fluviais e ferroviários e respetivas infraestruturas.

Romuald Ngiabe

See also  Dinamarca e Portugal facilitam restrições de saúde

You May Also Like

About the Author: Irene Alves

"Bacon ninja. Guru do álcool. Explorador orgulhoso. Ávido entusiasta da cultura pop."

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *