Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Município de Leiria aprova adjudicação do Jardim da Almuinha Grande no valor de 2,1 milhões

O Município de Leiria aprovou terça-feira, em reunião de Câmara, a adjudicação da empreitada para a construção do Jardim da Almuinha Grande, com um prazo de execução de 365 dias.

Com a concretização da empreitada, com um valor de 2,1 milhões de euros, acrescidos de IVA, Leiria vai contar com um jardim com mais de meio milhar de novas árvores, cerca de 1.900 novos arbustos, um lago e a continuidade de percursos pedestres ao longo do rio Lis, estando garantidas as acessibilidades a pessoas com mobilidade reduzida ou condicionada.

Uma das mais-valias do projecto – o Plano de Pormenor da Almuinha Grande, datado de 1992, já previa para aquele local a execução do jardim – é possibilitar ainda a organização de actividades urbanas, como o Mercado do Levante, e iniciativas de lazer e desporto informal, eventos, pequenas feiras e concertos.

O equipamento vai estabelecer a ligação do sistema ecológico e urbano da Nova Leiria e dos Marrazes ao corredor do rio Lis, destacando-se ainda a criação de um anfiteatro ao ar livre, um miradouro do jardim e do castelo, um longo passeio público e uma grande clareira que constituirá uma zona de prado na qual se prevê uma intensa utilização familiar e intergeracional.

Com este equipamento, a população de Leiria terá á sua disposição um espaço verde com conforto e segurança para o desenvolvimento de actividades de lazer, actividade física, eventos, pequenas feiras, festas, concertos, entre outras.

O investimento será comparticipado a uma taxa de 85% no âmbito de uma candidatura ao Programa Operacional Regional do Centro.

Fonte: Câmara Municipal de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.