Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

VOID Software marcou de novo presença na Web Summit

A VOID Software, empresa sedeada em Leiria, voltou este ano a marcar presença na Web Summit. O ano passado esteve presente com um stand Alpha, a apresentar o seu projecto All Over Pictures, tendo sido este ano convidada para um stand Beta, no sentido de apresentar outro dos seus projectos inovadores: o DPA – Digital Preservation Application, no último dia do certame.

Este novo produto foi desenvolvido para a Digital Bedrock, uma startup sedeada em Los Angeles, EUA, visando incorporar uma solução completa de preservação de activos digitais, garantindo de forma abrangente a sua integridade e acessibilidade num horizonte temporal alargado, de forma segura e fiável.

Paralelamente esteve ainda presente nos restantes dias em apoio à SANA HR e com a GOIN Events, duas promissoras startups com quem colabora.

«É extremamente valioso para nós participar nestes eventos. A Web Summit é uma oportunidade única para fazer mostra de parte do trabalho desenvolvido ao longo do ano, estabelecer novos contactos e, promover e avaliar a receptividade das aplicações que desenvolvemos, especialmente podendo fazê-lo tão perto de casa», explica Marco Cova, CEO da VOID, citado em comunicado.

No próximo ano, a VOID Software deverá voltar a estar presente com projectos próprios, ou a dar apoio às startups em que aposta, área de negócio que tem vindo a assumir-se como uma estratégia de desenvolvimento da empresa.

«O sucesso deles é o nosso e é muito gratificante acompanhar todo o processo: ouvir o pitch, acreditar num projeto, participar proactivamente no desenvolvimento dos produtos de software, mostrá-los ao mundo, e depois ver crescer em conjunto com o cliente o que construímos».

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.