Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Pedro Morouço vence concurso da American Journal Experts

O investigador do Centro de Desenvolvimento Rápido e Sustentado do Produto do Politécnico de Leiria (CDRSP/IPLeiria), Pedro Morouço, venceu a primeira edição do concurso da associação americana American Journal Experts (AJE) que pretende destacar as boas práticas na elaboração e publicação de trabalhos académicos e científicos.

No desafio lançado os participantes tinham que apresentar uma metodologia e sugestões que considerassem dar resposta às dificuldades que os investigadores encontram quando chega a altura de divulgar os seus resultados. As metodologias apresentadas foram avaliadas por um painel de especialistas da indústria, e tiveram em consideração as estratégias adoptadas. O prémio internacional foi arrebatado por Pedro Morouço pela metodologia que tem adoptado nos últimos anos, e que lhe permite transformar linguagem técnico-científica em linguagem que o cidadão comum entende. Resumidamente, a metodologia apresentada assenta na utilização de recursos infográficos para uma melhor clarificação do objectos de estudo, a par da avaliação por investigadores de áreas distintas antes do trabalho ser submetido para publicação.

O investigador explica que «desde os tempos de licenciatura que desenvolvo investigação, inicialmente na área do rendimento desportivo, mas tendo sempre a preocupação de adequar a linguagem, para que a investigação tivesse efeitos práticos e fosse útil aos atletas, que é o que faz sentido». «Numa altura em que cada vez mais se fala sobre a importância de disseminar ciência, aproximando-a dos problemas e desafios da comunidade, só assim faz sentido trabalhar», conclui Pedro Morouço.

Pedro Morouço é licenciado e mestre pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto e doutorado em Ciências do Desporto pela Universidade da Beira Interior. É investigador integrado e responsável pelo Grupo de Biofabricação do Centro para o Desenvolvimento Rápido e Sustentado do Produto do Politécnico de Leiria, é coordenador do mestrado em Desporto e Saúde para Crianças e Jovens, e do Departamento em Motricidade Humana e Linguagens Artísticas do Politécnico de Leiria. Pedro Morouço lecciona em diversas licenciaturas e mestrados do IPLeiria, e em Outubro de 2016 foi nomeado diretor na área de formação da Federação Portuguesa de Natação.

Em 2014 Pedro Morouço foi o vencedor do “Hans Gros New Investigator Award”, com os seus estudos em torno da performance em natação de alto nível. Dos seus trabalhos conta com a coedição de três livros e é autor de mais de 150 trabalhos publicados em livros, revistas de renome e conferências internacionais. Actualmente, as suas principais áreas de interesse na investigação são a biofabricação para engenharia de tecidos e as características biofísicas para o movimento humano. Em Junho de 2017 foi distinguido com o “Hans Gros Emerging Researcher Award”, sendo o primeiro português distinguido com o prémio, que reconhece a excelência em investigação.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.