Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Grupo Europac com EBITDA de 25,6 milhões no primeiro trimestre

O Grupo Europac (Papeles y Cartones de Europa, SA), que detém uma fábrica em Leiria, registou, no primeiro trimestre de 2015, um EBITDA de 25,6 milhões de euros e um resultado líquido de 4,3 milhões de euros, o que representa um ligeiro aumento face aos resultados obtidos em igual período do ano passado, sendo que a empresa espera uma evolução positiva dos resultados nos próximos meses, revela em comunicado.

Na Divisão de Packaging registou-se um aumento do EBITDA de 26,4% em relação ao primeiro trimestre de 2014, que corresponde a uma melhoria das margens do negócio. Na Divisão de Papel, o primeiro trimestre caracterizou-se pela estabilidade de preços num contexto de manutenção da pressão da procura e níveis de stock de produto ajustados no mercado europeu.

A empresa continuou a trabalhar nos projetos de investimento em curso. O principal marco do trimestre, no que toca a projectos de investimento em curso, foi a entrada em funcionamento da nova bobinadora na fábrica de papel reciclado de Rouen. O investimento realizado em dezembro de 2014, visa aumentar a eficiência desta unidade.

Na divisão de Packaging, o projeto de construção de uma fábrica integrada de embalagem em Marrocos evolui de acordo com as previsões e esperando-se que esteja a funcionar em pleno no último trimestre de 2015.

Após a distribuição de um dividendo relativo ao exercício de 2014 de 0,042€ no mês de fevereiro, o Conselho de Administração do Grupo Europac vai propor em Assembleia-Geral de Acionistas a repartição de um dividendo complementar de 8,7 milhões de euros que permite manter um pay-out de 50%.

Fonte: Europac

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.