Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

Estudante da ESAD.CR distinguida pelo projeto “Mármore em Luz”

Rita Mendes Pereira, estudante do mestrado de Design de Produto da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR), do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), conquistou o segundo lugar no 1.º Concurso de Ideias Criativas em Pedra Natural “Ideias de Pedra”, com o projeto “Mármore em Luz”. O trabalho da estudante da ESAD.CR destacou-se na área da inovação, numa competição que utiliza a pedra natural como elemento fulcral para o desenvolvimento de empresas ou melhoria dos espaços públicos ou privados.

«O meu projeto tem como principal objetivo criar uma nova experiência e relação de proximidade entre o indivíduo e a pedra, sendo este um material tão rico», contextualiza Rita Mendes. «A pedra encontra-se associada à escultura e arquitetura, não estando acessível a todas as pessoas. O meu produto aborda uma forma nova de ver e sentir a pedra». A estudante explica ainda o processo de construção deste projeto vencedor: «Concebi um modelador de luz aproveitando a característica de translucidez do mármore branco. A sua forma visual é a de um cubo quando montado».

Neste concurso promovido pela Assimagra – Associação Portuguesa dos Industriais de Mármores, Granitos e Ramos Afins, no âmbito do projeto “Stone Edge”, na Crista da Pedra, foram apuradas 38 ideias, das quais 16 mostraram potencial de desenvolvimento.

Rita Pereira Mendes é licenciada em Design de Equipamento na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa, onde frequentou durante um ano o curso de Escultura e começou a trabalhar em pedra. Atualmente frequenta o primeiro ano do mestrado de Design de Produto na ESAD.CR.

Fonte: IPLeiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.