Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

IPLeiria conquista Prémio Valorpneu de Inovação 2014

Paulo Campos, investigador e membro do Centro para o Desenvolvimento Rápido e Sustentado do Produto (CDRsp), do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), foi o vencedor do Prémio Valorpneu de Inovação 2014, com o projeto “Pino Urbano Modular”, coordenado por Artur Mateus, investigador e subdiretor do CDRsp. O conceito do trabalho vencedor alia a utilização da borracha reciclada a produtos para o espaço urbano, de forma a fazer uso das suas propriedades, bem como promover para uma maior responsabilidade ambiental.

A resistência da borracha do pneu à degradação atmosférica possibilitou a criação de um pino de sinalização, frequentemente utilizado nos passeios. O objeto é composto por elementos modulares que possibilitam o ajuste em altura, em conformidade com o espaço onde se insere, e apresenta um baixo custo de produção. Entre os módulos do pino, na zona de encaixe, foi concebido um componente em plástico luminescente, em forma de argola, que proporciona a visibilidade do pino em período noturno.

«Este prémio foi o reconhecimento de um trabalho desenvolvido em equipa, e que constitui uma solução sustentável, ecológica, económica e útil à sociedade», refere o investigador Paulo Campos. «Importa também destacar a aposta da Plastimago nesta parceria que se concentra na investigação e inovação, como mecanismo diferenciador e promotor de sucesso».

O CDRsp tem desenvolvido, desde 2010, em parceria com a empresa Plastimago, o conceito TYRE +, que consiste na produção de peças a partir de materiais recicláveis, nomeadamente pneu e plástico, com elevada qualidade e desempenhos funcional e técnico.

«A modularidade deste pino de sinalização permite a otimização de processos produtivos, através da utilização de subcomponentes para a produção de peças de maior dimensão, bem como a possibilidade de conjugação de peças, constituindo conjuntos com diferentes características», explica Artur Mateus. «Este reconhecimento reforça a qualidade do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelos jovens investigadores do CDRsp, e que resulta em produtos que passaram por processos de investigação e se converteram numa inovação», realça o investigador.

Na sexta edição dos galardões da Valorpneu, os participantes foram desafiados a apresentar soluções inovadoras para a gestão e destino sustentável dos pneus em fim de vida. Todos os projetos apresentados neste concurso foram avaliados segundo a originalidade, o potencial de aplicação sustentável, a apresentação e capacidade de comunicação, a consistência científica, e os elementos adicionais apresentados. O júri do Prémio Inovação Valorpneu é constituído por personalidades representantes e reconhecidas da indústria, e do meio científico e artístico.

O Centro Cultural de Belém, em Lisboa, acolheu no passado dia 4 de dezembro a cerimónia de entrega dos prémios de inovação, que este ano recebeu mais de uma dezena de projetos nacionais e internacionais, nomeadamente do Brasil e de Moçambique. A direção da Valorpneu reconheceu a qualidade dos trabalhos apresentados, e destacou a importância da recuperação de um resíduo como o pneu usado, e a sua transformação e aplicação em materiais com valor para a sociedade e para a economia.

Fonte: IP Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.