Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Trigénius assina protocolo de cooperação com IPL

A Trigénius assinou, este mês, um protocolo de cooperação com o Instituto Politécnico de Leiria (IPL), que resulta da colaboração já existente entre a Trigénius e o IPL, designadamente na formação de estudantes na área das Tecnologias de Informação, através de estágios na empresa, informa a empresa em comunicado.

O protocolo fortalece as relações de parcerias com o IPL, como também estabelece acordos no âmbito de concretização de projetos de investigação, transferência de saberes, realização de eventos, mobilidade de estudantes e docentes, entre outras ações.

«Como polo dinamizador e inovador na região de Leiria, o IPL é um parceiro de excelência para a Trigénius, pois partilhamos os mesmos valores de inovação e partilha de conhecimento no meio onde nos inserimos», afirma Paulo Ribeiro, antigo estudante do IPL e membro da administração da Trigénius, citado em comunicado.

A assinatura deste protocolo de cooperação com o IPL vem reforçar a «já significativa» rede de parcerias que a Trigénius tem com várias instituições de interesse público local e regional, adianta o documento.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.