Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

Politécnico de Leiria lança cursos online gratuitos

UP2U é a nova plataforma de cursos online que a Unidade de Ensino a Distância (UED), do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), vai lançar no próximo dia 7 de março, com a estreia da formação “Construção e partilha de mapas mentais”. A nova aposta pedagógica do IPLeiria integra cursos online abertos e massivos (MOOC – Massive Open Online Courses), que são gratuitos e dirigidos a vários perfis de estudantes e ao público em geral. Segundo comunicado da instituição de ensino, a inscrição é imediata e permite o acesso a um curso a partir do primeiro registo.

«A plataforma UP2U é uma iniciativa do IPLeiria que visa a transferência de conhecimento do Instituto para a sociedade. Os cursos decorrem totalmente online, sem acompanhamento de um tutor. Os recursos educativos e atividades de cada curso são rigorosamente planeados por uma equipa multidisciplinar com valências científicas, pedagógicas e tecnológicas, no sentido de promover a aquisição das temáticas abordadas e permitindo testar conhecimentos», explica Rita Cadima, diretora da UED. «A comunicação entre participantes é possível com recurso a fóruns de discussão, possibilitando uma participação autónoma e flexível à medida de cada um, num espírito de entreajuda e cooperação entre pares», acrescenta a docente.

A nova plataforma disponibiliza cursos de curta duração, entre quatro a dez horas de formação, aos quais os formandos podem aceder em qualquer momento. Os cursos de média duração podem totalizar 40 a 80 horas de formação, com um percurso pedagógico mais orientado no tempo, e que visam um aprofundamento de conhecimentos, com uma supervisão mais próxima dos docentes através de mensagens orientadoras. A avaliação dos cursos é feita online, através de perguntas de escolha múltipla com correção automática.

Os MOOC apresentam um conjunto de conteúdos e recursos criados por investigadores, professores e peritos em diferentes áreas específicas, que estão agregados num repositório central e são disponibilizados de forma aberta, massiva e, predominantemente, gratuita.

Alguns números dos MOCC

Os MOCC constituem uma tendência atual de um grande número de instituições de ensino superior em todo o mundo, como os casos edX (MIT, Harvard, Berkeley), Coursera (Stanford, University of London, École Polytechnique, Technische Universität München), Canvas (University of Utah, Ecole Centrale de Lille), MiríadaX (Politécnica de Madrid, NUC, Universidad Cantabria, CEU Universidade de São Paulo).

A plataforma Coursera foi criada em janeiro de 2012 e conta com cerca de 600 cursos, e já atingiu mais de 22 milhões de estudantes inscritos, oriundos de 190 países, com um crescimento superior ao do Facebook. Já a plataforma UNED COMA, criada em outubro de 2012, registou em seis meses 278 mil alunos matriculados em 20 cursos, acumulando mais de 1,100 milhão de visitas e 250 mil horas de experiências de aprendizagem.

Próximos cursos UP2U

Conhecer as WCAG 2.0, diretrizes de acessibilidade para conteúdos web – 10 de março

Como evitar o Plágio?, dirigido a estudantes em geral e que visa esclarecer o que é o plágio, como evitar e como utilizar software anti-plágio – 27 de março

Produção e partilha de vídeos em contexto educativo – 1 de abril

Estruturar um curso no Moodle – 24 de abril

Os cursos “Agenda de Exames” visam orientar os alunos que se preparam para realizar os exames nacionais do 12º ano na gestão do seu tempo de estudo:
– Agenda Exames: Português – 7 de maio
– Agenda Exames: Física e Química – 8 de maio
– Agenda Exames: Biologia e Geologia – 14 de maio
– Agenda Exames: Matemática A – 15 de maio

Apresentações criativas com o Prezi – 20 de maio

Fonte: IP Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.