Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

IPLeiria assina protocolo de cooperação com a ADAI para criação de delegação na ESTG

O Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria) firmou no dia 24 de março, um protocolo de cooperação com a Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI), que visa a criação da Delegação ADAI-IPLeiria na Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) de Leiria. O acordo de três anos de cooperação surge na sequência da colaboração já existente entre a ADAI e o IPLeiria, nomeadamente no âmbito da formação a nível doutoral, de um grupo de docentes ligados à área da Engenharia Automóvel da ESTG, mas também no âmbito da investigação e prestação de serviços a entidades empresariais.

«A criação da Delegação ADAI-IPLeiria em Leiria proporcionará um espaço privilegiado para que os docentes e investigadores possam desenvolver os seus trabalhos de investigação e, pela consequente evolução nas respetivas áreas científicas, transmitam estes conhecimentos e competências aos seus estudantes, nomeadamente aos ligados à área da engenharia automóvel da ESTG/IPLeiria», referiu Nuno Martinho, coordenador do curso de Engenharia Automóvel da ESTG. «Por outro lado, pretende-se que esta delegação sirva de interface na relação com a indústria, permitindo agilizar um conjunto de processos que promovem a aproximação e ligação da indústria ao conhecimento e à investigação realizada nas instituições de ensino superior, colocando assim o conhecimento ao serviço das empresas», concluiu o docente.

«Para o Instituto é muito importante estar ligado a mais uma unidade de investigação, onde será desenvolvido um trabalho que conta com o contributo relevante dos docentes já doutorados do IPLeiria na área da Engenharia Automóvel. Será, com certeza, um centro de investigação de excelência para Leiria», afirmou Rui Pedrosa, vice-presidente do IPLeiria.

«Hoje a ADAI faz parte do Laboratório Associado em Energia, Transportes e Aeronáutica (LAETA), consórcio que conta com oito Unidades de Investigação de quatro Institutos nacionais, nos quais se inclui a ADAI. Dentro do panorama nacional, o IPLeiria é das escolas que ensina bem e verifica-se que existe uma estratégia de desenvolvimento», refere Manuel Gameiro da Silva, vice-presidente da ADAI e docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

«Este protocolo visa uma colaboração mais profícua, com maior autonomia e consequente atividade dos investigadores do IPLeiria que a irão integrar. Esta cooperação do IPLeiria com a ADAI já tem vindo a decorrer e agora é tempo de potenciar o crescimento da investigação e de todos os envolvidos, depois de reconhecidas as estratégias e o trabalho desenvolvido, bem como a excelência da formação realizada na escola», evidenciou Nuno Rodrigues, subdiretor da ESTG.

A Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, ligada ao Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, que promove atividades de investigação, desenvolvimento, formação e prestação de serviços. A associação tem como objetivos principais a criação e fomento de infraestruturas científicas e tecnológicas, formação científica avançada, promoção e realização de investigação fundamental e aplicada, além da prestação de serviços.

Estes objetivos são realizados por meio de uma estrutura baseada em três áreas independentes de investigação que constituem o núcleo da atividade da ADAI, que trabalham em estreita colaboração: Laboratório de Aerodinâmica Industrial, Laboratório de Estudos sobre Incêndios Florestais e Laboratório de Energética e Detónica.

Fonte: IP Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.