Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

NERLEI satisfeita por modernização e electrificação da Linha do Oeste estar entre os 30 projetos prioritários de infraestruturas para o País

A NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria está satisfeita pelo facto de o Relatório do Grupo de Trabalho para as Infraestruturas de Elevado Valor Acrescentado (GT-IEVA), que foi ontem apresentado ao primeiro-ministro, considerar a modernização e electrificação da Linha do Oeste como um dos 30 projetos prioritários que, nos próximos sete anos, vão contribuir para potenciar a competitividade da economia nacional, do tecido empresarial e a coesão territorial.

O resultado deste Relatório do GT-IEVA representa a vitória de diversos agentes regionais que se agregaram num movimento de defesa da Linha do Oeste, no qual a NERLEI teve muita honra em participar ativamente.

A NERLEI salienta que sempre defendeu a necessidade de modernização da Linha do Oeste, tendo mesmo em 2011 discordando da decisão do Governo de encerrar ao tráfego de passageiros a Linha do Oeste entre Caldas da Rainha e a Figueira da Foz. Esta posição da NERLEI inseria-se numa política de defesa de interesses do distrito, da região e do País.

Na altura, a NERLEI dispôs-se a “integrar um movimento qualificado, representativo das populações e dos agentes económicos, nos seus diferentes níveis”, para que fosse encontrada uma solução alternativa à do encerramento proposto pelo Governo. Esse movimento foi constituído conseguindo, na altura que o Governo voltasse atrás na decisão de encerrar parte da linha ao tráfego de passageiros, e agora que a modernização da linha seja uma prioridade ao nível do investimento em infraestruturas no País.

Fonte: NERLEI

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.