Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Duas novas empresas na área cinematográfica e audiovisual em Óbidos

O Parque Tecnológico de Óbidos recebeu, recentemente, duas novas empresas ligadas à produção Cinematográfica e Audiovisual: a Lookations, Lda. e a Perception, lda, revela o site da autarquia.

A Lookations, Lda. dedica-se à pré-produção audiovisual, centrando-se o seu core business no reconhecimento, levantamento e disponibilização de locations para a realização de rodagens cinematográficas, “photoshoots” e eventos internacionais. A empresa disponibilizará serviços de Scouting e de Locations Managers, que complementarão a sua oferta de base de dados.

A Perception, Lda., surge no contexto da produção e pós-produção audiovisual e cinematográfica com duas soluções inovadoras e, atualmente, inexistentes no mercado ibérico. A primeira solução consiste num sistema de High Velocity Image Shooting, dedicado às comunidades científicas, industriais (defesa, aeroespacial, automóvel, medicina) e cinema. A segunda inclui uma viatura de mercadoria de cabine dupla, que será integralmente adaptada para incorporar na zona de carga um estúdio de pós-produção, que, simultaneamente, seja auto-suficiente e opere com “energias verdes”.

Brevemente irá também descolar-se para o Parque Tecnológico de Óbidos a Produtora CheckTheGate. A CheckTheGate está orientada para o mercado das produções publicitárias, produção executiva de longas metragens e de televisão, contando já com um reconhecido trabalho de captação de produções estrangeiras para Portugal.

Estas novas empresas irão juntar-se às já instaladas no Parque Tecnológico de Óbidos, a Catappult, Lda. e a OnSetLab, Lda., que também operam em áreas ligadas ao cinema.

Mais informações no site da autarquia

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.