Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Umbelino Monteiro premiada com selo de sustentabilidade

A Umbelino Monteiro, uma das principais empresas de produção de telha cerâmica em Portugal, foi distinguida com o Selo de Sustentabilidade pela Plataforma para a Construção Sustentável, entidade que gere o Cluster Habitat Sustentável em Portugal, pelas boas-práticas no domínio da sustentabilidade, revela a empresa de Pombal em comunicado.

A Umbelino Monteiro desenvolve uma estratégia de inovação que visa posicionar a telha cerâmica como um material que responda aos desafios da construção sustentável e da arquitetura bioclimática. O contínuo investimento em Investigação e Desenvolvimento permite à empresa desenvolver sistemas de construção e produtos que tornem os edifícios sustentáveis ao nível térmico, de consumo de energia, de qualidade do ar interior e de durabilidade das coberturas.

Para Teresa Monteiro, Diretora Geral da Umbelino Monteiro, a atribuição do Selo de Sustentabilidade, nível prata, «é um marco na história da empresa. Há muitos anos que atuamos nas várias dimensões da sustentabilidade, ambiental, económica e social. Temos realizado investimentos com o objetivo de reduzir o impacto da atividade industrial, tendo sido a Umbelino Monteiro a primeira empresa fabricante de telhas a ter o sistema de gestão ambiental certificado; apostado na investigação e desenvolvimento no que concerne ao produto e aos sistemas construtivos em que este está inserido. Desta forma, procuramos reduzir o impacto ambiental das telhas, alargar a sua vida útil e simultaneamente desenvolver sistemas construtivos que potenciem a redução dos consumos energéticos, contribuindo para elevar a sustentabilidade dos edifícios. Esta distinção é o reconhecimento público do trabalho desenvolvido e dos elevados padrões a que a empresa responde neste âmbito».

A Umbelino Monteiro tem como objetivo ser uma empresa sustentável e, nesse sentido, publica anualmente os relatórios de sustentabilidade, utiliza ferramentas de avaliação de sustentabilidade da construção, desenvolve produtos e serviços com critérios de eco design baseados em avaliação de ciclo de vida do produto, promove produtos com Ecolabel (certificação ambiental dos produtos) e participa ativamente em projetos inovadores orientados pela sustentabilidade e incentiva a empreendimentos sustentáveis nos regulamentos municipais.

O Selo de Sustentabilidade da Plataforma para a Construção Sustentável pretende dar visibilidade nacional e internacional à sustentabilidade como mote para a inovação e competitividade de empresas e entidades do cluster do habitat, com base em critérios rigorosos ao nível ambiental, social e económico.

Fonte: Umbelino Monteiro

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.