Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

«É inegável a vantagem competitiva que traz hoje em dia conhecer a língua e cultura chinesas»

«É inegável a vantagem competitiva que conhecer a língua e cultura chinesas traz hoje em dia, seja no mercado de trabalho seja na realização de negócios», defendeu ontem Nuno Mangas, presidente do Instituto Politécnico de Leiria (IP Leiria), na sessão de abertura do VIII Fórum Internacional de Sinologia, que decorreu na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS) do Instituto.

Com o tema “China: Viajar no Tempo e no Espaço”, o encontro decorre até amanhã, sábado, e junta especialistas portugueses, chineses, belgas, espanhóis, sérvios, ingleses, checos, suecos, escoceses, franceses, alemães, mexicanos, italianos e russos, que dão a conhecer um pouco mais da história e cultura do Império do Meio.

«O IP Leiria teve na área da educação um papel precursor no relacionamento cultural com a China – sendo que há sete anos, quando começámos a concretizar em acções o interesse pela China, não era evidente para muitos a importância que a China iria ter na política e na economia portuguesas. Desde essa altura o IP Leiria tem feito um trabalho intenso no reforçar das parcerias e relações na China, e temos dado resposta às exigências da actualidade. Por um lado formamos tradutores que respondam ao desenvolvimento crescente das relações económicas entre a Europa, Portugal e os países lusófonos, e a China, e por outro damos a conhecer a cultura chinesa em Leiria e em Portugal e a portuguesa na China», frisou Mangas.

Fonte: IP Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.