Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

CENCAL abre inscrições para curso de Técnico de Cerâmica Criativa

Estão abertas as inscrições para uma nova edição do curso de Técnico de Cerâmica Criativa, que vai permitir aos participantes dominar as várias técnicas da cerâmica artesanal e de produção industrial de pequenas séries, revela o CENCAL em comunicado.

«Os eventuais interessados poderão verificar na exposição ou nas fotografias da mesma patentes no facebook do CENCAL o tipo e nível do trabalho realizado em 2012/13, tendo havido nesta edição passada a frequência do curso por formandos com habilitações de nível superior nas áreas criativas, apesar da exigência mínima ser do 12º ano de escolaridade, situação de desemprego e de idade superior a 23 anos», explica.

O curso tem em vista a «qualificação de ceramistas com competências para conceber, desenvolver e executar peças de cerâmica de cariz artístico e utilitário, bem como para proceder à gestão básica de um atelier».

O curso terá uma duração de 1.500 horas em horário laboral, estando o início previsto para Abril próximo. Os formandos beneficiam de uma bolsa de formação, de subsídio de transporte, alimentação e alojamento no Centro, se necessitarem, de acordo com a legislação em vigor.

O curso abordará as variadas técnicas da produção cerâmica, bem como matérias teóricas de apoio à capacidade criativa e tecnológica dos formandos, incluindo a conformação à roda, a escultura cerâmica, execução de moldes, técnicas de cozedura, decoração cerâmica e um workshop de execução de projectos para a cerâmica criativa.

O CENCAL «aposta bastante neste curso, que poderá ajudar a formar a nova geração dos ceramistas criativos deste país».

Nesta sua missão de revigorar a formação cerâmica, o CENCAL vai realizar nas próximas semanas duas novas acções de duração mais curta, a primeira em Março para profissionais e ceramistas criativos, bem como para professores de artes do ensino e criativos, de cerâmica tradicional Barcelense com o Mestre Vitor Baraça, intitulado “A Arte dos Metres Baraça – Tradição, Costumes e Religião na Cerâmica Barcelense”, que se segue à vinda da Mestre Júlia Cota, também de Barcelos.

Em Abril iniciar-se-á também para o mesmo público um curso de Iniciação à Azulejaria de Arte Nova, ministrado pela técnica caldense consagrada nesta área, Teresa Lima, em que os participantes poderão conhecer algumas das características técnicas, tecnológicas e históricas que identificam a Arte Nova, através da utilização dos padrões originais, bem como aplicá-las de uma forma mais contemporânea introduzindo novas variantes ao trabalho dos ceramistas.

O curso com o Mestre Vitor Baraça decorrerá em período laboral durante seis dias intensivos a partir de 18 de Março próximo, e o da Azulejaria Arte Nova às sextas-feiras e sábados, durante o dia, a 5, 6, 12, 13, 19 e 20 de Abril, sendo aceites pessoas com habilitações mínimas do 9º ano até qualquer curso superior nas áreas criativas.

Fonte: CENCAL

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.