Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

CEFAMOL assina protocolo de cooperação com Grupo Lusófona

Foi formalizado entre a CEFAMOL e o Grupo Lusófona um Protocolo de Cooperação, que pretende apresentar aos membros da associação condições vantajosas no acesso aos cursos de ensino superior lecionados pelas instituições que compõem o Grupo, revela a CEFAMOL.

Com este Protocolo, recentemente outorgado pelos presidentes da associação e do Grupo Lusófona, os colaboradores das empresas associadas da CEFAMOL, seus cônjuges e filhos, terão uma redução de 10% do valor das propinas mensais nos cursos ministrados nos estabelecimentos de ensino do Grupo Lusófona, constituído por 21 instituições.

Para aceder a este desconto, os associados da CEFAMOL devem de fazer a prova da sua elegibilidade, através da declaração emitida pelos serviços de Recursos Humanos da sua empresa ou emitida pelos serviços da CEFAMOL.

Os associados da CEFAMOL têm sete dias, a contar da data da matrícula ou inscrição, para solicitar a dedução de redução de propinas, em requerimento autónomo e acompanhado da referida declaração.

Ao abrigo deste protocolo, o Grupo Lusófona e a CEFAMOL poderão ainda vir a promover ações conjuntas de formação, qualificação e reciclagem para os recursos humanos do setor.

Para mais informações e/ou conhecer as instituições de ensino aderentes a este Protocolo os interessados deverão contactar a CEFAMOL (cefamol@mail.telepac.pt).

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.