Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Grupo lena assinou protocolo para a construção de 20 mil casas na Argélia

O Grupo Lena assinou hoje um acordo com uma empresa estatal argelina do Grupo INDJAB, para a criação de uma sociedade mista de longa duração, com o objetivo de construir um projeto de habitação social e de equipamentos públicos na região oeste da Argélia, revela em comunicado.

O documento assinado compreende a construção de duas fábricas, uma de pré-fabricação de betão e outra de estruturas metálicas, com vista a responder a um programa de 20 mil apartamentos num período de cinco anos.

A criação desta empresa mista prevê ainda transferência tecnológica e um programa de formação de quadros argelinos no sector da construção.

Este acordo foi assinado no âmbito de um protocolo entre Portugal e Argélia para a criação de sociedades mistas entre empresas de ambos os países, com o objetivo de construir vários projetos de habitação social e infraestruturas de apoio.

O Grupo Lena apresenta «uma técnica de construção avançada e especializada no tipo de construção que o Governo da Argélia procura, beneficiando de uma grande experiência neste segmento», explica.

O Grupo leiriense está presentemente a construir mais de 12 mil apartamentos na Venezuela e duas fábricas de painéis pré-fabricados.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.