Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

CEFAMOL promove formação sobre «Como Diminuir os Custos de Produção?»

A CEFAMOL vai promover dia 18 de Outubro, na Marinha Grande, uma formação sobre «Como Diminuir os Custos de Produção?», estando as inscrições e decorrer até ao próximo dia 9 de Outubro.

A acção de formação pretende ser «um estudo sintético, uma reflexão conjunta, sobre o conteúdo de cada rubrica e as mais frequentes origens, quer dos custos, quer sobretudo dos seus desvios relativamente ao esperado», explica a associação.

«Como Diminuir os Custos de Produção?» é o resultado de um trabalho para «diminuir sobretudo os custos escondidos, os custos verdadeiramente indesejáveis…e, frequentemente, evitáveis, podendo ser um precioso auxiliar para todos aqueles que estiverem dispostos a olhar para o seu sistema produtivo de uma forma diferente da comum do dia a dia», adianta.

«De uma forma genérica, 55 % dos custos de um molde são custos produtivos diretos e os restantes 45 % são custos não diretos (incluindo as amortizações/depreciações que, embora não sendo uma despesa, são um custo). Mas será que que as oportunidades de diminuição de custos são idênticas em todas as rubricas que compõem os custos produtivos diretos?», questiona a CEFAMOL.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.