Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Identidade da região deve assentar na funcionalidade e nas relações económicas

A região de Leiria não tem um passado histórico comum que possa reivindicar, tem sim de criar novos factores de identidade, desenvolvendo um território mais ou menos homogéneo do ponto de vista das relações económicas e sociais. Esta foi a principal conclusão da oitava tertúlia do ciclo “Diálogos com a Região” subordinada ao tema “Região de Leiria – Que Identidade?”.

A principal conclusão da iniciativa, que decorreu no dia 16 de maio, no Edifício NERLEI, tem por base o enquadramento histórico feito por Leonel Fadigas, o orador convidado.

O arquiteto paisagista e urbanista, doutorado em planeamento urbanístico, considera que a região de Leiria é sobretudo uma região económica, não uma região geográfica. O especialista, natural de Alcobaça, fala de novas realidades que obrigam a diferentes formas de relação e de criação de factores comuns e adianta que “se calhar uma região hoje é um espaço económico que se organiza de forma funcional”. O desafio passa assim por se encontrarem os elementos comuns que estabeleçam uma identidade.
Leonel Fadigas considera que na actualidade a identidade das cidades-região se constrói tendo por base o uso e a funcionalidade dos espaços e que, portanto, o conceito de cidade-região tradicional tem de ser alterado. Alerta ainda que, para se criarem e fortalecerem regiões fortes é necessária massa crítica, fator difícil de conseguir em Portugal pois a extensão territorial do País coloca limitações à própria dimensão das grandes cidade-regiões que se possam constituir, que serão sempre pequenas quando comparadas com outras da Europa.

Este Ciclo de Tertúlias é desenvolvido no âmbito do projeto Leiria Região de Excelência, assumindo-se como um espaço de reflexão sobre a região, no qual, as ideias apresentadas pelos convidados e por todos os presentes, com as suas interrogações e as suas convicções, contribuem para o surgimento de sugestões concretas para a qualificação da região, promovendo um novo olhar e uma nova forma de sentir este território. Estas Tertúlias terão uma periodicidade mensal, com temáticas que oportunamente serão divulgadas.

O Leiria Região de Excelência é um projeto de desenvolvimento regional que está a ser promovido pela NERLEI, em conjunto com a ADLEI (Associação de Desenvolvimento de Leiria), a CIMPL (Comunidade Intermunicipal do Pinhal Litoral) e o IPL (Instituto Politécnico de Leiria).

Fonte: NERLEI

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.