Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Arentia cresce 20% em 2011

A Arentia, empresa da Sistemas e Tecnologias de Informação, sedeada em Leiria, registou em 2011 um crescimento de 20% no seu volume de negócios, que representa uma subida de 25% no seu resultado operacional do ano, revela em comunicado.

O ano ficou ainda marcado, segundo a empresa, pela consolidação da sua presença em mercados externos, essencialmente nos PALOP, tendo estes representado 17% do volume total de negócios.

«O ano de 2011 representou para a Arentia «uma importante etapa de consolidação e crescimento sustentado do seu negócio, fruto dos investimentos realizados em 2010, e da estratégia definida», adianta.

Para 2012 a empresa pretende manter o seu ritmo de crescimento, estando em fase de reforço da sua equipa e mudança de instalações durante o primeiro semestre. No domínio das exportações, a Arentia tem como objectivo atingir 25% do total do volume de negócios.

A Arentia, que conta com uma filial na zona de Lisboa, dedica-se à implementação de soluções de gestão para PME (Enterprise Partner PHC e Premium Partner Primavera) e implementação e manutenção de infra-estruturas de suporte informático.

Constituída por uma equipa jovem, a empresa tem como missão «simplificar utilizando a tecnologia».

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.