Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

«É necessário encontrar alternativas de investimento»

«É necessário encontrar alternativas de investimento num mundo complexo e em constante mutação» salientou João Ermida, presidente do grupo financeiro Sartorial, no jantar-conferência FOCO, que ontem reuniu dezenas de convidados, no Palace Hotel de Monte Real, para conhecer e analisar novas oportunidades e alternativas de investimento para o segundo trimestre de 2012, segundo comunicado emitido pela empresa.

«Nos últimos anos assistimos ao aparecimento de uma nova potência mundial, a China, grande detentora de capital, e ao arrefecimento económico dos Estados Unidos da América (EUA), que hoje se apresentam bastante endividados e já não podem “acudir” financeiramente a todos, como fizeram noutros tempos», referiu João Ermida. Perante este exemplo, o presidente do grupo financeiro, deixou o alerta sobre a importância de se estar atento aos riscos e oportunidades de investimento que dependem da evolução dos mercados.

Quanto às novas oportunidades de investimento, é a complexidade dos mercados que dita as tendências, o que significa que «o que hoje é certo, amanhã pode não o ser», alertou Luís Barreto Xavier, Chief Investment Strategist da Sartorial (na foto).

Perante a complexidade do mercado em constante mudança, os economistas consideram que a alternativa passa por investir em várias vertentes, como as matérias-primas. Segundo o Chief Investment Strategist da Sartorial, como pontos negativos, considera-se o facto de as matérias-primas não gerarem rendimentos como uma ação gera dividendos, de terem custos de armazenamento, do seu preço ser estabelecido com base na lei da oferta-procura e de haver momentos específicos para investir, o que torna o risco de investimento maior.

No entanto Luís Barreto Xavier explicou que as matérias-primas apresentam «um comportamento positivo perante momentos em que as taxas de juro são negativas, pois estas potenciam a inflação, tal como no momento que atravessamos presentemente».

O petróleo foi um dos exemplos apresentados pelo Chief Investment Strategist da Sartorial como matéria-prima com grande potencial de investimento com base na oferta-procura, prevendo-se que o seu preço se mantenha elevado durante muito tempo, uma vez que «as descobertas de reservas de petróleo previstas para os próximos são muito inferiores às reservas já descobertas» conclui o economista.

Outro exemplo apresentado por Luís Barreto Xavier foi o potencial de crescimento da produção de cereais, associada ao consumo de carne na China.

«Por cada 1% de crescimento do PIB chinês, o consumo de carne de vaca aumenta em 1,56%. Em 2030 a taxa de crescimento da procura de cereais será de 6,35%, sendo que o crescimento atual de produção não ultrapassa os 1,56%», explicou o economista.

A FOCO – Familly Office Consulting é uma consultora do grupo financeiro Sartorial, especializada na gestão global de investimentos de famílias com elevado património.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.