Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Depositantes perdem 1,5 mil milhões de euros anuais em más escolhas

A DECO – Associação de Apoio ao Consumidor, quer mobilizar os consumidores contra a inércia na gestão das poupanças e alerta para melhores opções nas contas à ordem e depósi¬tos a prazo.

O mote da campanha “Movimente o seu dinheiro” é «lutar contra a fidelização cega com o banco», retirando partido de «opções mais interessantes, sobretudo no contexto actual», explica a associação.

A DECO defende a criação de legislação específica para a mobilidade bancária, assegurando que a mudança de banco é feita de forma simples, rápida e gratuita, com um único interlocutor em contacto com o consumidor, num processo que «deveria ser supervisionado pelo Banco de Portugal, enquanto entidade reguladora», adianta.

Segundo contas feitas pela DECO, no universo dos depositantes em Portugal conclui-se que as perdas ascen¬dem a 1,5 mil milhões de euros anuais em más escolhas (a 1 de dezembro de 2011). Conside¬rando a melhor taxa líquida do mercado a 1 ano (4,3%), a perda líquida média por depósito é de 2,6 por cento.

«Nas contas à ordem, há consumidores presos ao banco habitual por mera fidelidade, quan¬do poderiam poupar 80,17 euros anuais face à média, ou até 280 euros se a sua conta for das mais caras, optando pela escolha acertada. Estes cálculos têm por base um saldo médio mensal de 250 euros, 12 transferências com NIB, 20 cheques cruzados e cartão de débito.

A DECO realizou um inquérito a cerca de 800 consumidores sobre a disponibilidade para mudar de banco e cerca de 60% afirma¬ram nunca o ter feito, sendo que 15% nem sequer equacionaram essa hipótese. Os principais argumentos para ficar prendem-se com a burocracia, comissões elevadas, dificuldade em transferir autorizações de débito e falta de tempo.

A DECO disponibiliza ferramentas no portal para ajudar a escolher a melhor conta à ordem e o depósito a prazo mais rentável, e a analisar o peso das despesas mensais face aos ren¬dimentos do agregado familiar para evitar desequilíbrios.

A campanha “Movimente o seu dinheiro” foi proposta pela organização mundial dos consumidores – Consumers International, à qual se junta¬ram, entre outras, as organizações de consumidores de Portugal, Espa¬nha, França, Itália e Bélgica. O objetivo é sensibilizar o consumidor para a importância em defender os seus interesses económicos.

A adesão ao movimento pode ser feita no site www.movimenteoseudinheiro. Org

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.