Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Umbelino Monteiro premiada por boas práticas ambientais

A Umbelino Monteiro, fabricante de telha cerâmica, sedeada em Meirinhas, Pombal, está entre as 10 empresas portuguesas com melhores práticas ambientais, tendo recebido o prémio de “Boas Práticas Ambientais e Energéticas”, promovido pela AEP – Associação Empresarial de Portugal, revela a empresa em comunicado.

A entrega do prémio decorreu no dia 26 de Janeiro último, na sessão de encerramento do projeto “Benchmarking A+E”, na sede da AEP. O prémio foi entregue à directora-geral da Umbelino Monteiro, Teresa Monteiro, pelo Secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território, Pedro Afonso de Paulo.

A candidatura da Umbelino Monteiro foi reconhecida pelo júri como um Caso de Excelência, em matéria de promoção das Boas Práticas e de Gestão Ambiental.

«A qualidade e a defesa do ambiente são prioridades estratégicas da empresa e a participação nesta iniciativa surge com o intuito de identificar, reconhecer e partilhar as boas práticas ambientais, que resultaram na redução do desperdício e no uso racional e eficiente da energia de recursos naturais», explica em comunicado.

As boas práticas estão incluídas no livro publicado pela AEP, “Casos de Excelência de
Práticas Ambientais e de Eficiência e Racionalização Energéticas nas Empresas
Portuguesas”, também disponível em www.umbelino.pt.

Presente no mercado desde 1959, Umbelino Monteiro foi a primeira empresa portuguesa, fabricante de telhas cerâmicas, certificada com o sistema de gestão ambiental (NP EN ISSO 14001).

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.