Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Empresários alertaram Secretário de Estado para constrangimentos à competitividade empresarial

Cerca de 120 empresários do distrito de Leiria aproveitaram um almoço de trabalho com o Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, Carlos Oliveira, para «alertar para constrangimentos diversos que têm de enfrentar na sua actividade e que lhes retiram competitividade», revela a NERLEI, entidade promotora do encontro, em comunicado.

O encontro realizou-se na passada segunda-feira, e nele foram abordas questões como as falhas de fornecimento de energia pela EDP, os custos elevados da energia eléctrica e os furtos de cobre e suas implicações nas comunicações.

Durante o almoço, os empresários fizeram ainda referência aos preços do gás natural; acesso ao crédito por parte das empresas; pagamento em duplicado de licenças de publicidade em estradas nacionais pelas empresas e os serviços de atendimento dos CTT.

Entre os constrangimentos apontados pelos presentes contam-se ainda os critérios de aprovação/reprovação de projectos candidatos a fundos do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) e a possibilidade de recalendarização de projetos QREN já aprovados.

À conversa surgiu ainda a temática da compatibilização da actividade empresarial com questões ambientais e de ordenamento do território e a excessiva carga fiscal sobre as empresas.

«Apesar de muitas das questões não serem de sua tutela, o secretário de Estado, Carlos Oliveira, mostrou interesse por todas elas e solicitou à NERLEI um relatório completo de forma a poder, junto dos colegas do Governo, dar o devido andamento com vista à sua resolução», conclui o comunicado da associação.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.