Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Consórcio chinês compra fabricante italiano de iates de luxo

Um consórcio chinês vai comprar 75 por cento do capital da Ferretti, fabricante italiano de iates de luxo, por 374 milhões de euros, anunciou hoje a agência noticiosa oficial chinesa.

A compra foi acordada em Jinan, capital da província de Shandong, no leste da China, entre o Weichai Holding Group Co. Ltd e o Ferretti Group, que se encontra «em fase de reestruturação».

O presidente da Weichai, Tan Xuguang, disse que «a indústria de iates é um dos objectivos estratégicos» da sua empresa para os próximos cinco anos, qualificando a Ferretti como «um valioso parceiro».

Segundo o empresário chinês, a entrada do Weichai Holding Group na Ferrett permitirá à empresa italiana «reduzir as suas dividas para 110 milhões de euros».

O Ferretti Group é considerado uma empresa líder na construção e design de iates.

«A cooperação com o Grupo Weichai ajudará a Ferretti a entrar nos mercados emergentes e melhorar a sua competitividade global em termos de custos de produção, assistência e força financeira», afirmou Tan Xuguang.

Há dois anos, aquele consórcio chinês comprou o fabricante francês de motores e caixas de velocidade Moteurs Bauduin SA.

As importações chinesas de iates em 2010 triplicaram em relação a 2009 e deverão manter «um elevado crescimento nos próximos cinco a dez anos», disse a agencia noticiosa oficial chinesa.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.