Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

CENCAL apresenta plano de formação para 2012

Centro de Formação Profissional para a Indústria da Cerâmica (CENCAL), vai incrementar a sua actividade formativa para as empresas do sector da indústria cerâmica e para outros sectores, aumentando a sua oferta formativa em mais 22% na formação modular certificada e em mais 25% na formação contínua, revela em comunicado.

Igualmente, e na sequência das transformações ocorridas em 2011, com o alargamento da sua actividade ao sector do vidro, decorrente da integração da componente técnica e prática do CRISFORM – Centro de Formação Profissional da Indústria do Vidro da Marinha Grande no CENCAL, o plano de formação passou a integrar acções para este sector, nomeadamente no âmbito dos perfis profissionais de técnico de vidro artístico e de operador de máquinas de produção de vidro.

Na sede do CENCAL, nas Caldas da Rainha, como no seu Pólo de Alcobaça, vão continuar a ser desenvolvidas acções de formação nas várias áreas e modalidades, nomeadamente de Aprendizagem, Formação Modular e Formação Contínua, para activos ao serviço das empresas, bem como para desempregados.

Para 2012 estão previstas mais de duas centenas de acções que abrangerão cerca de três mil formandos, num total de quase 300 mil horas de formação, mais 33% que no ano de 2011.

Destacam-se áreas de formação que o CENCAL tem dado especial atenção nos últimos anos, para além dos processos e tecnologia cerâmica, as áreas da multimédia, línguas estrangeiras, gestão de recursos humanos, qualidade e ambiente, higiene e segurança no trabalho, empreendedorismo, secretariado e trabalho administrativo e informática na óptica do utilizador.

Directamente destinada à cerâmica serão oferecidos em 2012 cursos de eco-cerâmica, formação em modelação cerâmica, controlo laboratorial de pastas e de vidrados cerâmicos, várias acções sobre porcelana, pintura, azulejaria e cerâmica criativa.

Destaque em particular para um projecto formativo na área da Modelação Cerâmica que pretende permitir às empresas a qualificação de pessoal interno nesta área numa óptica de reconversão/reciclagem profissional, tendo em consideração a progressiva escassez deste tipo de competências no mercado de trabalho.

Na área dos recursos humanos estão previstas acções de gestão e motivação de equipas, tal como na área financeira, de contabilidade e fiscalidade, métodos e técnicas de análise económica e financeira e de criatividade, inovação e empreendedorismo. Também existe a preocupação de formar técnicos em vendas, criação e gestão de pequenos negócios, gestão de reclamações e conflitos com clientes e fornecedores e aprovisionamento e gestão de stocks.

Na área do ambiente e qualidade está previsto um curso sobre segurança contra risco de incêndio em edifícios, bem como de segurança de máquinas e legislação e organização HST, metrologia e calibração e qualidade e fiabilidade.

Nas línguas estrangeiras será dada atenção, para além do inglês, ao espanhol, língua que tem vindo a crescer nas necessidades manifestadas pelas empresas.

Toda esta informação e outras indicações sobre horários, condições e formas de inscrição estão disponíveis no site do CENCAL (www.cencal.pt) onde está também patente todo o plano de formação para 2012.

O CENCAL disponibiliza também às empresas formação à medida, com projectos concebidos em função das necessidades e expectativas de cada cliente e adaptados à especificidade de cada empresa, permitindo uma resposta mais personalizada.

Fonte: CENCAL

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.