Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

CE: Investidores devem poder processar agências de rating

A Comissão Europeia quer que os investidores possam processar as agências de ‘rating’ casos estas ajam contra as regras europeias ou demonstrem «grande negligência» nas suas avaliações.

Esta é uma das propostas hoje apresentadas pelo comissário europeu responsável pelos serviços financeiros, Michel Barnier, que pretende «reforçar a integridade, transparência, responsabilidade, boa governação e confiança de atividades de notação de crédito», garantindo a proteção dos consumidores e investidores, dias depois da Standard & Poor’s ter reduzido erradamente o ‘rating’ da França, que, por momentos, e devido a um erro técnico (assim justificou a S&P), perdeu o precioso «triplo A».

O executivo comunitário quer, por exemplo, que as agências ajam de forma mais transparente e avisem com pelo menos um dia de antecedência um país ou companhia que vá ser alvo de revisão em baixa da sua notação, de forma a que este se possa defender.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.