Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Mohave retoma sondagens para prospeção de petróleo em S. Vicente de Aljubarrota

A Mohave Oil and Gas Corporation retomou as sondagens para prospeção de petróleo na freguesia de S. Vicente de Aljubarrota, no concelho de Alcobaça, informou hoje o administrador Arlindo Alves.

“Já tínhamos feito uma primeira sondagem e entretanto entendemos fazer uma intervenção mais aprofundada para verificar se existem hidrocarbonetos [petróleo e gás] em quantidade suficiente para justificar a exploração”, disse à Lusa Arlindo Alves, administrador da empresa.

Os trabalhos de pesquisa decorrem no lugar de Mogo, na freguesia de S. Vicente de Aljubarrota e, segundo o mesmo responsável, “deverão estar concluídos dentro de três semanas, dependendo dos resultados alcançados”.

No âmbito do contrato de concessão, a empresa que estuda a hipótese de existência de petróleo na região de Alcobaça e Torres Vedras realizou, já este ano, trabalhos de prospeção geofísica numa área de 160 quilómetros quadrados repartidos por várias freguesias no concelho de Alcobaça.

Em março foram realizadas análises sísmicas em algumas freguesias e na cidade de Alcobaça, onde a câmara autorizou os trabalhos, depois de obtido parecer favorável do IGESPAR (Instituto de Gestão do Património Arquitetónico e Arqueológico) e estipulando um raio de proteção de 500 metros ao Mosteiro de Alcobaça.

Nesta segunda fase “os trabalhos decorrem no subsolo”, explicou Arlindo Alves, salvaguardando que os mesmos “não implicam incómodos para a população”.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.