Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Passos Coelho anuncia extinção de 1712 lugares dirigentes

O primeiro-ministro anunciou hoje que o Governo vai aprovar na quinta-feira o relatório final do Plano de Redução e Melhoria da Administração Central, que prevê a extinção de 1712 lugares dirigentes e de 137 entidades públicas.

«Serão extintas cerca de 162 entidades no âmbito da Administração Central, serão criadas novas 25 através de fusões de entidades existentes, e isso dá um saldo líquido de cerca de 137 entidades que serão extintas e que beneficiarão a Administração Central para futuro de uma estrutura mais leve que pese menos aos bolsos dos contribuinte», afirmou Pedro Passos Coelho.

O primeiro-ministro acrescentou que «será de 100 milhões de euros o impacto orçamental durante o ano de 2012 que esta medida trará» e, quanto aos 1712 lugares dirigentes a extinguir, referiu que isso «equivale a cerca de 27 por cento de redução».

Passos Coelho assinalou que esta redução de lugares que vai ser aprovada pelo Conselho de Ministros nesta quinta-feira fica “muito acima, portanto, dos 15 por cento que tinham ficado indicados como objetivo importante a alcançar”.

O Governo estabeleceu, no dia 20 de julho, as linhas gerais do Plano de Redução e Melhoria da Administração Central (PREMAC), fixando como “objetivo mínimo uma redução de pelo menos 15 por cento do total das estruturas orgânicas de cada ministério e de pelo menos 15 por cento do número de cargos dirigentes, tanto de nível superior, como de nível intermédio”.

Este anúncio do primeiro-ministro foi feito na sequência da intervenção do líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, que lhe perguntou pela “concretização do programa de corte da despesa pública que o Governo tem vindo a implementar” e pela “sua relação com a execução orçamental do primeiro semestre deste ano e com a necessidade de ter de se fazer um esforço adicional em 2012, precisamente por causa do desvio que este Governo encontrou”

Na resposta, além de anunciar o número de lugares dirigentes e entidades a extinguir, Passos Coelho reafirmou o empenho do Governo PSD/CDS-PP em “reduzir a despesa do Estado para diminuir o peso que o Estado hoje representa para contribuintes e sistema financeiro”.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.