Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Actualização das rendas vai atingir os 3,19% no próximo ano

O valor das rendas deverá aumentar 3,19% em 2012, após o valor da inflação nos 12 meses terminado em Agosto, retirando os preços da habitação, que serve de base a esta actualização, se ter fixado neste valor.

De acordo com os valores hoje publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o valor que serve de base ao coeficiente utilizado para a actualização anual das rendas dos diversos tipos de arrendamento, ao abrigo do Novo Regime do Arrendamento Urbano (NRAU), sofre um dos maiores aumentos dos últimos anos.

Este valor em 2010 fixou-se em apenas 0,3%, levando a um aumento residual nos valores das rendas.

O NRAU estipula que o INE é que tem a responsabilidade de apurar o coeficiente de actualização de rendas, e que tem de contar de um aviso a publicar em Diário da República até 30 de Outubro de cada ano para se tornar efectivo.

Para se calcular o valor do aumento, utilizando este coeficiente, o valor da renda (em euros) deverá ser multiplicado por 1,0319% (para incluir a percentagem de aumento da inflação média nos últimos doze meses excluindo a habitação).

Em 2010, o valor deste coeficiente ficou estipulado em 1,003%.

De acordo com a lei, a primeira actualização pode ser exigida um ano após a vigência do contrato, e as seguintes um ano depois da actualização prévia, tendo o senhorio de comunicar por escrito, com uma antecedência mínima de 30 dias o coeficiente de actualização e a nova renda que resulta deste cálculo.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.