Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Países devem procurar recuperar confiança e credibilidade

Credibilidade e confiança são os dois elementos que os países em dificuldades devem procurar recuperar perante os mercados para ultrapassar as crises da dívida soberana, disseram à Lusa dois economistas.

«Aquilo de que realmente se precisa é credibilidade fiscal. Consegue-se obter credibilidade fiscal sem ações hoje e com todas as ações no futuro, quando a economia for mais forte, que é o idealmente se quer?», pergunta um antigo conselheiro do departamento de investigação do Fundo Monetário Internacional (FMI), Eduardo Borensztein, atualmente no Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Um eventual processo de incumprimento por um qualquer país da zona euro «não deve ser tão temido se houver confiança na política comum» da região, explicou à Lusa o professor da Universidade de Boston Christophe Chamley, que recentemente assinou um artigo de opinião para a agência Bloomberg sobre a falência da Espanha em 1575.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.